Cidadeverde.com
Últimas

Saúde mobiliza ações para fortalecer cuidados com a saúde mental

Imprimir


Foto:Ascom/PMT

Em 2018, os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) realizaram ações para promover a integração e o fortalecimento da Atenção Básica no cuidado em saúde mental. Esses Centros atingiram o percentual de 100% de ações de matriciamento das Unidades Básicas de Saúde (UBS), ultrapassando a meta municipal pactuada com o Governo do Estado do Piauí, que foi de 55%. O dado revela a atuação conjunta destes estabelecimentos e foi apesentado ao presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Charles da Silveira.

 
Luanna Bueno, gerente de Saúde Mental da FMS, explica sobre o papel desempenhado pelas Unidades Básicas de Saúde na área de saúde mental. “A Atenção Básica deve acolher as demandas de saúde mental do território, atendendo os usuários com transtornos mentais leves e, nos outros casos, fazendo os encaminhamentos aos locais adequados da rede. Isso é possível por meio de troca de conhecimentos com os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS). É um trabalho que será feito de maneira contínua”, afirmou.

 
Segundo o presidente da FMS, Charles da Silveira, o compartilhamento de informações e a união da rede denotam a qualidade da atenção à saúde mental em Teresina. Ele ressalta que o objetivo é aperfeiçoar o sistema. “Após a apresentação dos dados, a gestão da FMS assumiu o compromisso de dar uma atenção especial para a área da saúde mental. Queremos atuar junto aos CAPS, que são Centros que modernizaram o atendimento às pessoas com transtornos mentais. Iremos trabalhar para superar os desafios e avançar no atendimento à população”, afirmou.

 
Na Rede de Atenção Psicossocial, a Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Municipal de Saúde, mantém sete Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) que acolhem pessoas com transtornos mentais severos e persistentes, uma Residência Terapêutica, um ambulatório no Lineu Araújo que se destina ao atendimento de pessoas que tem ideação suicida ou tentaram suicídio, além de fornecer atendimento ambulatorial com psicólogos e psiquiatras aos usuários em estabelecimentos de saúde.

redacao@cidadeverde.com 

Imprimir