Cidadeverde.com
Esporte

Real Madrid sofre, mas vence time de pior defesa no Espanhol

Imprimir

O Real Madrid teve mais dificuldade do que se esperaria contra a pior defesa do Campeonato Espanhol, mas conseguiu vencer o Rayo Vallecano por 1 a 0, neste sábado (15), no estádio Santiago Bernabéu.

No último compromisso antes da estreia no Mundial da Fifa, o Real chegou ao gol ainda no primeiro tempo com uma bela jogada de Karim Benzema. Mas apesar de dominar os rivais, que já sofreram 31 gols no campeonato, o time da casa não conseguiu transformar a superioridade em um placar dilatado.

No final, ainda ficou perto de sofrer o empate em bolas perdidas pelo ataque do Rayo. O belga Courtois precisou fazer uma defesa incrível nos acréscimos para salvar o Real.

A vitória significou uma recuperação moral da equipe merengue, que vinha de derrota acachapante (3 a 0) para o CSKA, da Rússia, em seu estádio, pela Liga dos Campeões. Os três pontos devolveram o Real à terceira posição na tabela do Espanhol, com 29 pontos, dois a menos que Barcelona e Atlético de Madri. 

O time catalão jogará no domingo e pode aumentar a vantagem na ponta. Já o Rayo Vallecano permanece na vice-lanterna da competição.

O jogo no Bernabéu mostrou um Real quase preguiçoso, que não fez muito esforço diante de um adversário fragilizado e desfalcado. Toni Kroos foi o principal articulador no meio de campo, mas o time não aproveitou as oportunidades criadas. Uma boa atuação do goleiro Stole Dimitrievski contribuiu para o placar apertado.

O técnico argentino Santiago Solari era um dos mais nervosos à beira do campo, tentando orientar sua equipe a apertar o ritmo e matar a partida.

Antes dos 30 minutos do segundo tempo, Benzema sofreu um desconforto após uma entrada dura por trás e deixou o campo para a entrada do brasileiro Vinícius Júnior. Mas antes disso, o francês havia deixado sua marca, aos 13 minutos, que definiu o placar final.

Em outro jogo deste sábado, o Atlético chegou ao segundo lugar após derrotar o Valladolid por 3 a 2, fora de casa. O francês Griezmann, com dois gols, foi o destaque da equipe de Diego Simeone. Kalinic abriu o placar para o time madrileno.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir