Cidadeverde.com
Geral

PM baleado em Teresina passa por cirurgia e coloca bolsa de colostomia

Imprimir

O 24º Distrito Policial está investigando o caso do policial militar do Maranhão, Leonardo Pereira, 29 anos, baleado na noite de sexta-feira (14) no Renascença I, zona Sudeste de Teresina

Por enquanto, a Polícia Civil trata o crime como roubo. Não há informações se o policial chegou a reagir. Moradores da área relataram que ouviram três disparos na noite do crime.  Os tiros atingiram o abdômen e a mão do PM, que foi levado para o HUT.

O Hospital de Urgência de Teresina informou ao Cidadeverde.com que o policial continua internado. O PM  Leonardo passou por uma laparotomia exploradora, uma cirurgia no abdômen para investigação lesões. 

O estado de saúde do PM é considerado estável. Por enquanto ele ficará usando uma bolsa de colostomia devido às lesões no abdômen. 

O delegado Sebastião Alencar, Gerente Policiamento Metropolitano, informou que na ação o policial teve a arma roubada.   Os investigadores do DP adiantam que o proprietário do estabelecimento no qual ele fazia segurança serão intimados e ouvidos na delegacia. Um vídeo divulgado em redes sociais está sendo atribuído a este caso, mas as imagens não são desta ação criminosa. 

 

Assaltos
Comerciantes da Rua Senador Waldemar Santos afirmam que a região onde o PM foi baleado é perigosa e tem muitos assaltos. Os comércios fechados com grades de proteção. 

“Nunca fui assaltada, mas uso a grade porque tem muito assaltante na região”, conta uma comerciante que não foi identificada. 

 

Izabella Pimentel
redacao@cidadeverde.com

Imprimir