Cidadeverde.com
Política

Orçamento 2019 é aprovado em comissão na Alepi com emendas

Imprimir
  • wewfef.jpg Roberta Aline
  • sasfsf.jpg Roberta Aline
  • lksadmfçaskdljf.jpg Roberta Aline
  • ldsakmfçsadklf.jpg Roberta Aline
  • lçaskdfãsojf.jpg Roberta Aline
  • klsdfçjsadkfn.jpg Roberta Aline
  • klasdfçskdfj.jpg Roberta Aline
  • fsdfsf.jpg Roberta Aline
  • ergtertg.jpg Roberta Aline
  • dsfsdfsf.jpg Roberta Aline
  • dsaflaskdf.jpg Roberta Aline
  • çlsdgsdg.jpg Roberta Aline

A Comissão de Finanças da Assembleia Legislativa do Estado aprovou a proposta orçamentária de 2019. A proposta sofreu algumas modificações com a apresentação de algumas emendas pelos deputados.

De acordo com o relator, deputado Nerinho (PTB), as emendas se referem mais à mudanças de rubrica.  

"Basicamente foram pedidos de votação da Secretaria de Fazenda e Administração, mas mudança de rubrica. Não alterou o valor em nada. O presidente Themístocles pediu que abrissem a rubrica com a contra-partida do Estado com recursos federais para projetos. Tivemos o aumento linear de mais 2,5% ficando 4,5% para cada poder", declarou.

Para a Uespi, os deputados aprovaram crédito de mais R$ 400 mil. O dinheiro será utilizado na realização de concurso. 

"A Universidade Estadual do Piauí conseguimos abrir a rubrica para concurso público . Falamos com o secretário (Rafael Fonteles) e a Universidade vai ganhar mais R$ 400 mil para realizar concurso público em 2019", afirmou o deputado Nerinho. 

Os deputados recusaram a emenda do deputado Marden Menezes que retirava R$ 6 milhões da Coordenadoria de Comunicação Social para a Procuradoria-Geral do Estado.

Segundo Marden Menezes a medida era necessária para melhorar  o trabalho dos procuradores. "Fui procurado pelos procuradores pedindo mais recursos. Alguns alegam até mesmo a falta de carros para o trabalho", destacou.

Assembleia terá orçamento de R$ 352 milhões. O Tribunal de Contas terá R$ 121 milhões. O Tribunal de Justiça ficará com o orçamento de R$ 611 milhões. O Ministério Público contará com orçamento de R$ 207 milhões.


Lídia Brito
redacao@cidadeverde.com

Imprimir