Cidadeverde.com
Política

“Na eleição ele estará aqui”, diz Ciro sobre efeitos da viagem do governador

Imprimir


Foto:RobertaAline/CidadeVerde.com

O presidente nacional  do Progressistas, senador Ciro Nogueira, procurou minimizar os efeitos da viagem do governador Wellington Dias (PT) a Israel, semanas antes da eleição da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Estado. Com a ausência do Estado, Wellington se mantém longe da discussão e da pressão para anunciar uma posição.

O Progressistas já havia manifestado publicamente o desejo do governador adotar um lado na disputa. O partido tem como candidato o deputado Hélio Isaías e enfrenta como adversário o atual presidente, Themístocles Filho (MDB), que concorre à reeleição.

Para Ciro, a viagem de Wellington não interfere nos planos progressistas. “Não vejo nenhuma relação da viagem com a eleição da Assembleia. Até porque no dia da eleição ele já estará no Piauí”, afirmou.

O deputado Júlio Arcoverde (PP) chegou a manifestar publicamente que seria uma “hipocrisia” pedir que o governador não participasse diretamente da eleição. 

O governador viaja no dia 16 de janeiro e só retorna dia 29, dois dias antes da eleição que ocorre dia 1º de fevereiro. A notícia da ausência de Wellington Dias do Estado agradou aos deputados do MDB. Desde o início da disputa, o partido cobra neutralidade do governador.

Lídia Brito
lidiabrito@cidadeverde.com 

Imprimir