Cidadeverde.com
Esporte

São Paulo bate Cruzeiro nos pênaltis e pega o Guarani na semi da Copa SP

Imprimir

O São Paulo levou a melhor em um dos mais tradicionais clássicos do futebol brasileiro. Em duelo válido pelas quartas de final da Copa SP de futebol júnior, o Tricolor venceu o Cruzeiro em um jogo com muita emoção. 

Foto - Divulgação - SPFC

A classificação só veio depois de um empate por 1 a 1 no tempo normal e o triunfo por 6 a 5 nos pênaltis, com direito a cinco cobranças perdidas.

Agora entre os quatro melhores da competição, o São Paulo vai enfrentar o Guarani. Mais cedo, em São Carlos, a equipe de Campinas se classificou com vitória por 2 a 1 sobre o Figueirense.

Renan e Mateusinho marcaram para os paulistas, enquanto Jean descontou. A data e horário da partida ainda serão divulgados pela Federação Paulista de Futebol.

Os dois únicos gols sofridos até então não impediram a zaga do Cruzeiro de cometer uma falha grave. Aos quatro minutos, três jogadores vacilaram dentro da área e Paulinho aproveitou para colocar o São Paulo na frente. Ainda no início do primeiro tempo, o Tricolor pediu pênalti em um toque de mão, mas a arbitragem mandou o jogo seguir.

Melhor em campo, os paulistas ainda tiveram outra boa chance pouco antes do intervalo, desta vez com Fabinho, que parou na defesa de Jonathan. Somente a partir dos 30 minutos que o Cruzeiro conseguiu controlar mais a partida e passou a chegar com mais perigo. 

Primeiro com Popó. Em seguida, a melhor chance celeste ocorreu com Caio, mas o goleiro Thiago Couto tirou com o pé em cima da linha.

O segundo tempo começou com um cenário diferente, agora com o Cruzeiro melhor, e também teve gol saindo nos primeiros minutos. Depois de uma pressão inicial, o Cruzeiro contou com um pouco de sorte para empatar.

Na cobrança de escanteio, Vinícius Popó subiu bem, Tuta tentou cortar, mas a bola bateu no goleiro Thiago Couto e acabou entrando. 1 a 1.

O placar aberto deixou a partida ainda mais movimentada e com ótimas oportunidades para os dois lados. Já no apagar das luzes, Leonardo recebeu livre dentro da área, mas jogou por cima a chance de virar o jogo para o Cruzeiro. 

Nos acréscimos, o artilheiro da Copinha, Gabriel Novaes, acertou um tapa no rosto do adversário e acabou recebendo o vermelho direto, desfalcando a equipe na disputa de pênaltis.

PÊNALTIS

Nos pênaltis, Marco Antônio e João Luiz marcaram para o Cruzeiro, mas Leonardo isolou sua cobrança. Pelo São Paulo, Ed Carlos, Morato e Tuta converteram.

O Cruzeiro voltou a marcar com Jonathan Monteiro e Adriano. Pelo Tricolor, Fassou balançou as redes, mas Vitinho parou no goleiro Jonathan e o Cruzeiro voltou para a briga.

Nas cobranças alternadas, Thiago Couto pegou a cobrança de Guilherme, mas Cássio arriscou uma cavadinha e o São Paulo perdeu outra chance de se classificar.

Os capitães Edu e Diego não desperdiçaram e marcaram para seus respectivos times. Por fim, Thiago Couto pegou outro pênalti, e Sena deu a classificação ao Tricolor.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir