Cidadeverde.com
Viver Bem

Nutrição holística promove o equilíbrio entre o corpo e a mente

Imprimir

Foto: Pixabay/fotos gratis

Pare e pense: que tipo de efeitos os alimentos têm sobre você? Não apenas fisicamente, mas mentalmente também. Ter um equilíbrio entre o corpo e a mente através da comida é exatamente a proposta da nutrição holística. As pessoas que seguem essa filosofia de vida utilizam o que é ingerido como um medicamento natural. A alimentação é entendida como um todo, envolvendo aspectos físicos, emocionais e espirituais como um conjunto.

A palavra 'holística' tem sua origem no grego holos, que significa "todo" ou "inteiro". Ou seja, utiliza a alimentação integralmente, trazendo benefícios para o corpo e para a mente. Os benefícios desse plano alimentar incluem a desintoxicação, aumentando a absorção dos nutrientes, emagrecimento equilibrado e uma melhora na qualidade de vida dos praticantes.

Orgânicos

A escolha do tipo de alimento e a forma de cultivo e criação de animais são muito importantes: prefira os vegetais orgânicos (brócolis, abóbora, couve), alimentos frescos, carnes de animais criados livres e sem utilização de hormônios, temperos naturais, comidas cozidas ou assadas, cereais integrais (arroz, trigo, cereal).

Início

O ideal é começar aos poucos. Uma mudança radical tem efeito por poucos dias, mas em seguida acaba gerando desistência e a volta de velhos hábitos. Mudar um ponto de cada vez na alimentação e, quando devidamente assimilada a troca, passar a outras alterações pode ser interessante e menos abrupto.

Restrição

Outra mudança proposta pela dieta holística é se evitar sal e temperos industrializados, conservas, açúcar refinado, farinha branca, frituras, alimentos processados e ultraprocessados (industrializados), vegetais com altas cargas de agrotóxicos, carnes de animais criados em confinamento, alimentos preparados em microondas.

Ou seja: as preparações culinárias, assim como já mencionado, devem ser simples. Quanto menos elaborados e menos produtos processados estiverem presentes nas nossas refeições, melhor será para o nosso organismo, tanto fisicamente quanto emocionalmente.

 

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir