Cidadeverde.com
Viver Bem

Insônia: conheça os alimentos que ajudam a garantir a noite de sono

Imprimir

Foto: Pixabay/fotos gratis

Em meio à agitação do dia a dia, a hora de dormir deveria ser um refúgio para o corpo e a mente. Mas não é bem assim com todo mundo. No Brasil, cerca de 72% da população sofre de doenças relacionadas ao sono, segundo estudo da Royal Philips. Pois a alimentação adequada ajuda, e muito, para garantir uma noite de repouso mais tranquila.

Antes, é necessário entender o que provoca os distúrbios do sono.  Existem três tipos de insônia, variando conforme a intensidade da mesma. As transitórias são aquelas ocasionais, que ocorrem em períodos de maior estresse, tensão e ansiedade

Insônias de curta duração são ocasionadas por situações acentuadas de estresse, durando até três semanas. Já os casos de longa duração - três semanas ou mais - são provocados por situações extremas, como depressão, efeitos de drogas e álcool. As principais consequências que a insônia provoca são fadiga, irritabilidade e agressividade no dia seguinte.

Dieta

Assim, a alimentação entra nessa história da seguinte forma: por meio de dietas que insiram alimentos que combatem a ansiedade e que ajudam no relaxamento natural. O objetivo é eliminar ou reduzir o consumo de itens que estimulam e atrapalham a qualidade do sono

Substituições

A primeira coisa a se fazer é evitar produtos estimulantes como cafeína, açúcar, ou aqueles que contenham grande quantidade de conservante. Alguns alimentos que podem ser consumidos para combater a insônia são: banana (Rico em potássio e triptofano, a fruta ajuda nos controles de ansiedade e compulsão); brócolis (abundante em magnésio, nutriente responsável pelo relaxamento muscular); e a água de coco (fonte de diversos nutrientes que causam saciedade e ajudam a controlar a compulsão).

Tem ainda a carne de boi, rica em vitamina B3, responsável pela produção de serotonina, o “neurotransmissor do sono”, o ovo, cujo alto teor de proteínas ajuda no controle de problemas relativos à depressão, e o abacate, abundante em Beta sitosterol que é importante modulador do hormônio do estresse (cortisol), responsável pela insônia,

 

Fonte: Estadão Conteúdo

Tags: insonia
Imprimir