Cidadeverde.com
Vida Saudável

Orégano é muito mais do que apenas um tempero para a pizza

Imprimir

Foto: reprodução internet

Se você pensa que o orégano é bom apenas para dar aquele gostinho a mais na pizza, é melhor rever seus conceitos. Muito mais que um tempero, ele pode funcionar como aliado da saúde. Originária do Mediterrâneo, essa folha tem alto valor nutricional e é mais versátil do que aparenta.

Rico em nutrientes, o orégano é abundante em vitaminas A, C, K e do complexo B; minerais como zinco, magnésio, cálcio, ferro, manganês, cobre e potássio; polifenóis e ômega 3.

Cultivo

Dá para cultivá-lo em sua horta caseira. Para isso, é importante escolher um local que receba algumas horas de luz solar todos os dias. Somado a isso, é recomendável irrigar o solo com frequência, mais sem exageros. Além disso, dá para optar por plantar sementes, por divisão de touceiras, ou por estaquia. A germinação das sementes, normalmente, acontece em duas semanas.

Benefícios

A lista é enorme: reduzir a inflamação, por conter a substância carvacrol, ajudando no emagrecimento e recuperação de doenças; prevenir doenças cardiovasculares e placas de ateroma, por conter vitamina A, um poderoso antioxidante; fortalecer o sistema imunológico, por ser rico em betacaroteno e combater fungos e bactérias que causam infecções como gripes e resfriados.

E mais: estimular a digestão e combater o colesterol, por ser rico em fibras; combater micoses de unha, por atuar como antifúngico e reduzir a tosse e as cólicas, por ser rico em polifenóis com propriedades anti-inflamatórias.

Formas de consumo

Além de ser usado na culinária, há outras formas de aproveitar o orégano para melhorar a saúde. Como no chá, onde a diluição é feita com uma colher de sopa da erva seca para cada xícara de água fervente, sendo ótimo para aliviar a tosse, a má digestão, infecção urinária e candidíase.

Há ainda o mel. Com o orégano adicionado, é ótimo pra ajudar a combater asma e bronquite. Ou como óleo na pele: passar nas unhas ou na pele, juntamente com um pouquinho de óleo de coco, ajuda a acabar com a micose e funciona como repelente natural. Mais: com vapor, quando ajuda a fluidificar o muco pulmonar e auxilia no tratamento da sinusite.

 

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir