Cidadeverde.com
Política

Raul Velloso enaltece importância que irmão dava ao planejamento estratégico

Imprimir

Foto: Arquivo Cidadeverde.com

Raul Velloso

Foi enterrado no fim da manhã desta quarta-feira, 20, o corpo do ex-ministro do Planejamento João Paulo dos Reis Velloso, falecido na terça-feira (19) aos 87 anos. O velório, ocorrido na manhã desta quarta-feira, 20, levou amigos, familiares e alguns colegas economistas ao Cemitério São João Batista, em Botafogo, na zona sul do Rio.

O consultor especialista em contas públicas Raul Velloso, irmão mais novo de João Paulo, disse que a importância do planejamento estratégico foi o principal legado do ex-ministro. "Ele tinha isso na cabeça e era isso que ele fazia", disse o consultor sobre o trabalho do irmão mais velho, especialmente quando João Paulo foi ministro do Planejamento, entre 1969 e 1979.

Na avaliação de Raul, desde a saída de João Paulo do governo e ao longo da redemocratização, os diferentes governos abandonaram o foco no planejamento estratégico. Para Velloso, a criação do Ministério da Economia no governo Jair Bolsonaro deixou essa tarefa de lado.

"Não tem nenhuma autoridade pensando no planejamento estratégico", afirmou o consultor. Por isso, segundo ele, o governo Bolsonaro precisa "jogar todas as suas fichas" na reforma da Previdência como forma de enfrentar o problema fiscal - já que não haveria alternativas por falta de planejamento.

 

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir