Cidadeverde.com
Geral

Greco prende mais 3 suspeitos de sequestrar gerente do banco Itaú

Imprimir
  • coletiva_greco750_-_letícia-12.jpg Letícia Santos/Cidade Verde e Divulgação/Greco
  • coletiva_greco750_-_letícia-11.jpg Letícia Santos/Cidade Verde e Divulgação/Greco
  • coletiva_greco750_-_letícia-10.jpg Letícia Santos/Cidade Verde e Divulgação/Greco
  • coletiva_greco750_-_letícia-9.jpg Letícia Santos/Cidade Verde e Divulgação/Greco
  • coletiva_greco750_-_letícia-8.jpg Letícia Santos/Cidade Verde e Divulgação/Greco
  • coletiva_greco750_-_letícia-7.jpg Letícia Santos/Cidade Verde e Divulgação/Greco
  • coletiva_greco750_-_letícia-6.jpg Letícia Santos/Cidade Verde e Divulgação/Greco
  • coletiva_greco750_-_letícia-5.jpg Letícia Santos/Cidade Verde e Divulgação/Greco
  • coletiva_greco750_-_letícia-4.jpg Letícia Santos/Cidade Verde e Divulgação/Greco
  • coletiva_greco750_-_letícia-3.jpg Letícia Santos/Cidade Verde e Divulgação/Greco
  • coletiva_greco750_-_letícia-2.jpg Letícia Santos/Cidade Verde e Divulgação/Greco
  • coletiva_greco750_-_letícia.jpg Letícia Santos/Cidade Verde e Divulgação/Greco
  • grecopreso1.jpg Letícia Santos/Cidade Verde e Divulgação/Greco
  • grecopreso3.jpg Letícia Santos/Cidade Verde e Divulgação/Greco
  • grecopreso2.jpg Letícia Santos/Cidade Verde e Divulgação/Greco
  • grecopreso4.jpg Letícia Santos/Cidade Verde e Divulgação/Greco
  • grecopreso5.jpg Letícia Santos/Cidade Verde e Divulgação/Greco

Atualizada às 16h20

O coordenador do Greco (Grupo de Repressão ao Crime Organizado), delegado Tales Gomes, informou na tarde desta sexta-feira (22) que um dos presos suspeito de sequestrar o gerente do banco Itaú praticou outro assalto na Bahia. A quadrilha levou mais de R$ 200 mil dos cofres da agência. 

Após o crime em Teresina - que manteve mais de 20 horas a família do gerente em cárcere privado - um dos  suspeito voltou a praticar outro assalto.

Na tarde de hoje, o delegado apresentou o preso e os veículos apreendidos. 

Foi preso no bairro Dirceu Arcoverde, Tiago Lima Vieira, além de Pablo Bruno e Natália Roberta de Lima.

Natália é mulher de um dos criminosos que estava no cativeiro. Foram aprendidos um Fiat Punto e um Fiesta. Segundo Tales, o Punto foi o veículo que levou a família do gerente para o cativeiro.

O coordenador do Greco confirmou que foram roubados mais de R$ 200 mil e o dinheiro não foi recuperado.

Tales informou, na coletiva, que o Tiago Lima Vieira foi quem rendeu o gerente do banco. O cativeiro era em uma residência no bairro Dirceu, zona Sudeste de Teresina.

"O Tiago rendeu o gerente, tem filmagens que comprovam", disse Tales

Nove pessoas participaram do assalto. Para o coordenador do Greco, o caso está elucidado. Todos os presos serão indicados por extorsão mediante sequestro. 

Atualizada às 14h26

O Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) efetuou, nesta sexta-feira (22), a prisão de mais três suspeitos de envolvimento no sequestro do gerente do banco Itaú, praticado em janeiro deste ano. Os carros usados no crime também foram apreendidos. 

Segundo a secretaria estadual de Segurança, o trio preso  participou diretamente da abordagem, transporte, vigilância e fornecimento da residência utilizada para manter a família e o gerente em cativeiro.

Os criminosos abordaram o gerente na agência, localizada no Centro de Teresina, e o levaram até sua residência no bairro Parque Piauí, zona Sul da capital. A família do bancário ficou por quase 20 horas na mira dos sequestradores. 

 O bancário, segundo a polícia ,foi obrigado a ir ao banco com os bandidos e lá foi roubado cerca de R$ 200 mil. 

Delegado Tales Gomes, coordenador do Greco (Foto: Izabella Pimentel/ Cidadeverde.com)

No último dia 8 de março outros seis suspeitos de participação no crime, conhecido como "sapatinho", foram presos pelo Greco. 

Logo mais, às 15h, o coordenador do Greco, delegado Tales Gomes, concederá entrevista coletiva sobre as prisões. 

 

Izabella Pimentel e Maura Duarte
redacao@cidadeverde.com 

Imprimir