Cidadeverde.com
Geral

Suspeito de derrubar mãe e criança de moto é apreendido com televisores roubados

Imprimir

O suspeito de derrubar uma mãe com a filha, criança, de uma moto durante assalto foi apreendido por policiais no momento em que saía de um matagal, na zona Sudeste de Teresina, com duas televisões roubadas de uma casa.

O delegado Éverton Férrer, da Delegacia de Polícia Interestadual (Polinter), explicou que a equipe da delegacia estava em diligência pelo roubo na casa, que ocorreu no bairro Novo Horizonte, quando foi surpreendida pela cena com os televisores na Vila Firmino Filho.

O adolescente apreendido estava na companhia de um comparsa, que foi preso. Ele foi identificado como T.S.S e o adulto como Cosme Gabriel Barbosa de Oliveira.  Os dois são suspeitos de realizar o roubo na residência no Novo Horizonte; eles levaram objetos e o carro da família. Tanto o adolescente como o adulto possuem diversas passagens pela polícia. 

O carro da família foi recuperado próximo a Curva São Paulo, mas a moto da mãe até o momento não foi localizada.   Os policiais continuam em diligências.

“Os policiais estavam em buscas dos suspeitos de roubar a casa (de onde foram subtraídos os televisores) quando se depararam com o rapaz saindo do matagal e colocando as televisões em um carro (chamado por aplicativo de celular). Durante a abordagem, a equipe percebeu que ele era o mesmo que tinha praticado o roubo à senhora no dia 21 (de março no bairro Todos os Santos)”.  

Uma arma de fogo municiada foi encontrada dentro do carro acionado por aplicativo. Segundo a polícia, ela pertence a Cosme. 

Sobre o assalto a residência, o delegado disse que os suspeitos pularam o muro, renderam a família e subtraíram diversos objetos, dentre eles os televisores.  Éverton ressaltou que as vítimas do Novo Horizonte reconheceram os dois. 

Cosme foi autuado por roubo majorado, porte ilegal de arma de fogo e corrupção de menores, sendo encaminhado para a Central de Flagrantes. Contra o adolescente foi formalizado o auto de prisão em flagrante delito pela prática de ato infracional análogo a roubo, e direcionado ao Centro de Internação Provisória (CEIP). 
 

Foto: Polinter/Polícia Civil

Carlienne Carpaso
carliene@cidadeverde.com 

Imprimir