Cidadeverde.com
Esporte

Mirassol elimina Guarani e define as semifinais do Troféu do Interior do Paulista

Imprimir

As semifinais do Troféu do Interior foram definidas na noite desta quinta-feira com a classificação do Mirassol ao empatar com o Guarani, por 2 a 2, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas. Na partida de ida, o time de Mirassol fez o dever de casa ao vencer por 2 a 0.

Eliminado nas quartas de final do Paulistão pelo Santos, o Red Bull Brasil se garantiu na semifinal do torneio por ter tido a melhor campanha entre os clubes que caíram no mata-mata do Estadual (Ferroviária, Novorizontino e Ituano). Ponte Preta e Oeste, além do Mirassol, são os outros classificados.

Dono da melhor campanha entre os semifinalistas, o Red Bull Brasil encara o Mirassol, enquanto a Ponte Preta enfrenta o Oeste. As datas serão divulgadas pela Federação Paulista de Futebol (FPF) nesta sexta-feira. As partidas de ida acontecem já neste final de semana.

Como tiveram melhores campanhas que os rivais, Red Bull Brasil e Ponte Preta decidem a vaga na final em casa. Gol fora não vale como critério de desempate e, se houver igualdade na pontuação e no saldo de gols após os dois jogos, a decisão vai para os pênaltis. O campeão do Troféu do Interior recebe uma premiação de R$ 360 mil, além da vaga na Copa do Brasil de 2020.

Como precisava vencer por pelo menos dois gols de vantagem para decidir nos pênaltis, o Guarani dominou o primeiro tempo do início ao fim e criou boas oportunidades, principalmente em chutes do lateral-esquerdo Inácio. Em um deles, Matheus Aurélio espalmou para longe. 

Mas os gols saíram no início da etapa final. Aos 9 minutos, o árbitro assinalou pênalti para o Guarani depois da bola acertar o braço de Sandoval dentro da área. A cobrança de Diego Cardoso ainda tocou na trave antes de entrar. Logo depois, Matheusinho arriscou de fora da área e ampliou para os donos da casa aos 14 minutos.

O Guarani viu a situação ficar mais complicada aos 26 minutos, quando Marquinho fez jogada individual e deixou para Rodolfo só empurrar. A derrota por um gol colocava o Mirassol na semifinal. Carlão ainda quase empatou em chute de Carlão que explodiu no travessão. A classificação dos visitantes foi sacramentada aos 43 minutos mais uma vez com Rodolfo. Ele invadiu a área, cortou o marcador chutou cruzado e no alto.

FICHA TÉCNICA:
GUARANI 2 x 2 MIRASSOL
GUARANI - Kléver; Lenon, Ferreira, Diego Giaretta e Inácio; Deivid (Fabrício Costa), Ricardinho, Matheusinho (Felipe Amorim), Rondinelly (Fernando Viana) e Tiago Ribeiro; Diego Cardoso. Técnico: Marco Antônio (interino).
MIRASSOL - Matheus Aurélio; Sandoval, Riccieli e Leandro Amaro; Mailton (Rodolfo), Léo Baiano, Wellington Simião, Marquinho (Matheus Felipe) e Alex Ruan; Felipe Augusto e Carlão. Técnico: Luciano Deitos (interino)
GOLS - Diego Cardoso (pênalti), aos 9, Matheusinho aos 14, Rodolfo, aos 26 e aos 43 minutos do segundo tempo.
CARTÕES AMARELOS - Deivid (Guarani); Marquinho (Mirassol).
ÁRBITRO - Rafael Gomes Felix da Silva.
RENDA - R$ 23.800,00.
PÚBLICO - 1.261 pagantes.
LOCAL - Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP).

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir