Cidadeverde.com
Geral

Limpeza no Parque Rodoviária é iniciada e moradores temem a chuva

Imprimir
  • ff2a6b1f-4449-440b-a424-6d98e4e6fc71.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • fa2f0830-66fe-4dfd-8726-b58b2a61e80a.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • f8700fb3-1654-4413-befe-a3aba8fac13d.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • f0bd15e4-3d21-404d-bfa3-ee82736239fb.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • ee210532-a680-4734-9c4d-5cbd108fb6a4.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • ebf87318-9b61-4714-a7d0-c628273d5c8e.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • e6a30a63-ac0f-4af3-9d9f-5f70dcfafe94.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • e4b324fe-ea7e-4300-b94e-8495d997606e.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • e1f31ab2-8d40-48ba-bf7e-6d4dfa9c8837.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • db6f1f27-d4b0-4d54-9eaf-f9303429fb21.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • da72b3f1-4e9c-4e7a-8c11-0bfc143cc668.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • d474f76f-f62f-4d41-90ba-635f4634fe75.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • d467e46e-d986-45a2-9af9-bd9a0da8e6e9.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • d89d8d88-38fd-4519-9e13-1544a029c7fd.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • d8d938ff-96f2-4faa-b0e0-1260f0026e1a.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • ce2191e5-ac66-4c25-80e0-0534a3864d9d.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • cd6e92ec-0ed4-4790-9698-27fbf53e6976.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • cb936cfc-a3cc-4bf1-9a13-07daaa1caf48.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • c4d411b9-0bc4-41a2-8c97-42cffa356cb2.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • c04a43f2-b423-40f5-9cd2-cb8c110b2da3.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • bcc057e8-32f0-4eea-9b6d-44c036d03a99.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • bb6348d4-467a-447d-8530-ec817e2de2e2.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • a60594f3-716f-4f41-8506-fd1622e4bd33.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • a181bee9-ec4b-4890-a0e1-e8c244d0e271.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • a6bd32b6-4088-4ce6-9f66-af03427a3e6a.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 436722de-a40d-4bfd-b37a-d1d682b92c33.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 99271c40-0734-4caf-8b55-76353da02962.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 39890a45-fbf8-4b93-b53c-78fdaa707375.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 8579ae5d-f47b-452a-86c8-3cc6b8efce86.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 05604bfa-c16c-4b9e-93ef-cdc25dd10b23.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 4938bee9-1e5a-4a29-95c2-4eb9659efef8.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 965aa7ce-05a1-42d7-9914-b13be7eb8089.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 788aa2ca-11ae-4757-b780-d8e09936c077.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 699e7863-00fa-4639-adb9-cb6bd67d80ba.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 666c9a65-1448-4d35-b62b-329ca475c33b.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 638aca65-9d6b-4ce1-9a8d-7b879b8b170b.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 412bb247-decb-4cfe-8a7d-1b93b3528d2b.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 0392ca6b-124c-44ae-bcc9-83e2c3238d57.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 348baa5e-3cb0-4c28-83fe-4b65d855bb1d.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 324a2d9f-f754-4342-84df-027960d64747.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 276a9bf0-268f-4d88-93b6-4da4a1844593.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 218bc691-c531-4cbc-995f-5676cc99ca02.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 138d555c-5dca-4d1b-aecb-0ac97f7551aa.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 99f8b939-3424-4a6c-bb0a-13147f50a1e0.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 80a21aa3-49f6-4aa4-9f10-569e65953288.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 57e43c95-b1e2-4d4b-8168-0e96b19b5c79.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 56cf8ca5-9d21-4dec-a5b2-57684ec81a5d.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 55fa230b-f4d2-412d-92f1-05220c5642f9.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 53b5c8e9-db8e-424c-b365-78ec96a51110.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 46a107f5-df54-4426-966f-df61e2ffd3c4.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 43efdaa7-4a8c-4a2f-86c8-2fc77eae072d.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 43ad8c8c-9a0b-411f-8224-ca73cfacb34c.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 24c5fc50-e644-4ada-ad59-5b74bb93224d.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 16d44e59-07e9-48d5-8646-2d2e10e7d686.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 9eaf7e6b-900d-4ad4-804b-6ba84bba14ff.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 9e9e3965-e097-4eb7-bc6e-f64afeb3a1c2.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 7f67566f-b991-4e3e-abdf-60467717bd58.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 4f46230c-8fab-4601-8451-8849883ad30e.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 3fa3bdba-5f29-4b54-bd99-1e02d67540e9.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 3cf45aac-a40c-4790-a547-3e27471f9190.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 2e98451c-90d0-419e-b893-09fac59b5dfb.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 2a506026-2175-4b92-8c41-f84ff227e10c.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 1ffd3566-f199-434d-9254-d7a6b9147d73.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 1ee336be-cb72-406d-b376-a0bed656dcc1.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 1c935447-86cf-41b1-8279-c16bf973874e.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com
  • 0e58800a-ee3f-414c-a865-43f6cc4bd20e.jpg Letícia Santos/Cidadeverde.com

A limpeza das ruas e das casas do Parque Rodoviário, zona Sul de Teresina,  segue na manhã deste sábado (6) após transbordamento de lagoa, que resultou na destruição de casas e deixou dois mortos. Porém os trabalhadores responsáveis pela limpeza foram surpreendidos pela chuva, que ainda assusta as famílias abaladas pela tragédia que ocorreu na noite da quinta-feira (04). 

A comerciária Mazé Brito diz que a angustia não a deixa dormir há duas noites. "A gente já estava com medo antes da lagoa estourar, porque em 2009, a água do Rio Poti subiu até a nossa porta. Agora estamos com mais medo. Eu nem respiro mais direito com medo do rio", conta. 

No comércio da família, só sobraram as mercadorias das prateleiras mais altas. "Perdemos 80% de tudo que tínhamos. Nosso depósito ficou acabado, nosso carro será retirado por reboque. Perdemos freezer, geladeira... É um prejuízo incontável", lamenta Mazé. 

Apesar das chuvas, dezenas de funcionários da prefeitura de Teresina seguem o trabalho de retirada da lama das ruas. Tratores fazem a remoção dos entulhos mais pesados. 

Além deles, agentes de endemias vistoriam as casas em buscas de focos da dengue e orientamas famílias a não andarem descalças, por causa do risco de leptospirose.

"Estamos removendo os criadouros do mosquito da dengue, que não são poucos, porque a enxurrada facilitou esses focos. Estamos também fazendo um trabalho educacional, para evitar outras doenças, como a leptospirose, que é um risco alto em casos assim", explica o agente de endemias, Cláudio Xavier.

 

Jordana Cury
[email protected]

Imprimir