Cidadeverde.com
Viver Bem

Abril Marrom: campanha enfatiza prevenção contra cegueira

Imprimir

Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

O mês de Abril é dedicado à conscientização da população para prevenção, diagnóstico, tratamento precoce e reabilitação da cegueira, o Abril Marrom. Um lembrete sobre a importância de cuidar da visão.

De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), existem mais de um milhão de brasileiros afetados pela cegueira. A principal causa reversível é a catarata. Já o glaucoma é a principal causa da perda irreversível da visão, seguido da retinopatia diabética e degeneração macular relacionada à idade (DMRI).

A OMS ainda estima que entre 60% e 80% dos casos de cegueira poderiam ter sido evitados, ou seja, quase 700 mil brasileiros que perderam a visão poderiam estar enxergando caso tivessem feito acompanhamento oftalmológico de forma regular.

A oftalmologista Lilyan Moura Fé alerta sobre a importância da data: “Mesmo quem não tenha doenças oculares ou não use óculos, é importante visitar o oftalmologista e fazer exames de vista, pelo menos, anualmente, pois a grande maioria dos problemas oculares possuem início assintomático, ou seja, o paciente só percebe os primeiros sintomas nos estágios mais avançados das doenças. Em todos os casos, a prevenção é fundamental, já que a cegueira costuma ser uma doença silenciosa”, pontua Dra. Lilyan.

Confira algumas dicas de prevenção:

– Evite exposição prolongada ao sol sem óculos com proteção UVA/UVB. Isso pode causar problemas sérios na visão e aumentar a predisposição às doenças oculares;

– A partir dos 40 anos é necessário medir a pressão intraocular anualmente para detecção do glaucoma. Em caso de histórico na família é aconselhável monitorar desde a juventude;

– Diabetes é uma das maiores causas de deficiência visual, por isso seu tratamento e acompanhamento é fundamental;

– Evite compartilhar maquiagens, pois elas podem transmitir doenças como conjuntivites;

– Não use óculos com grau, pomadas e colírios sem recomendação médica;

–  Não esfregue os olhos com as mãos, pois elas podem conter bactérias, fungos e outras sujeiras. Lave-as sempre antes de tocar os olhos;

– Consulte-se com um oftalmologista pelo menos uma vez ao ano;

– Não durma com lentes de contato e sempre as higienize. Esses cuidados evitam doenças oculares como lesões na córnea.

Fonte: Fundação Dorina

redacao@cidadeverde.com

Imprimir