Cidadeverde.com
Geral

Diretor da MDER diz que maternidade receberá R$ 136 mil

Imprimir

Após ser alvo de ações do Ministério Público, a Maternidade Dona Evangelina Rosa (MDER) inicia reformas para garantir o funcionamento regular à população. A direção da unidade anunciou a abertura de licitações para aquisição de materiais elétricos e de combate a incêndios.

Em entrevista à TV Cidade Verde, o diretor Francisco Macêdo falou sobre as novas aquisições da maternidade para atender às normas técnicas.
 
“Duplicamos o número de extintores, fizemos um processo de licitação para recuperação da subestação e da rede aérea da casa. É um processo que demos a ordem de serviço e a empresa já começou realizar”, informou.

O plano de combate a incêndios também deve ser atualizado, o último projeto aprovado pelo Corpo de Bombeiros é de 2009. 

Foto: Izabella Pimentel

O diretor também destaca a longevidade da estrutura da maternidade, que funciona há 43 anos. “Se algo não foi feito no passado, temos que fazer agora”, pontuou ele pedindo celeridade dos órgãos competentes para o encaminhamento das licitações

Os projetos de reforma e adequação preveem investimento de R$ 136 mil. 

Mesmo com a construção da Nova Maternidade, Francisco Macêdo afirma que se fazem necessários investimentos na estrutura antiga. “Nós temos que manter a maternidade Evangelina Rosa trabalhando, dando condições ao binômio mãe e bebe. A Nova Maternidade já está sendo construída, esperamos que sejam cumpridos os prazos”, concluiu.

Valmir Macêdo
redacao@cidadeverde.com

Imprimir