Cidadeverde.com
Viver Bem

Conheça a dieta que protege o sistema cardiovascular

Imprimir

Foto: Pixabay/fotos gratis

Comer legumes, frutas e verduras faz bem para a saúde. Entretanto, estudos recentes mostram que valorizar esses alimentos no dia a dia pode ser mais benéfico do que simplesmente excluir a gordura.

Pesquisas demonstram que a dieta Mediterrânea protege o sistema cardiovascular, ajuda na função cognitiva e reduz o envelhecimento. O segredo é o consumo de alimentos naturais e de baixa caloria.

Ela possui um plano alimentar que se baseia nos hábitos dos países que são banhados pelo Mar Mediterrâneo (sul da Itália, Grécia e Sul da Espanha). Mesmo que esses locais possuam culturas completamente diferentes, a alimentação é parecida.

Não existe proporção exata do consumo entre proteínas, carboidratos e gorduras dentro da dieta mediterrânea, o que existe é o consumo de alguns tipos de alimentos específicos que constituem a base do método.

E o cardápio?

Entre os disponíveis, encontram-se apenas alimentos naturais. Veja quais:

Frutas e verduras

São, certamente, um acréscimo valioso na alimentação. Frutas e verduras possuem fibras, vitaminas e minerais essenciais ao corpo.

Peixes

Grandes fontes de gorduras boas e ômega-3, formam um importante anti-inflamatório que ajuda a prevenir doenças do coração e dores nas articulações.

Azeite

Alguns óleos vegetais ajudam a controlar os níveis de colesterol no corpo e previnem dezenas de doenças cardiovasculares.

Grãos e alimentos integrais

Fazem a diferença na hora de combater a prisão de ventre, por exemplo. Além disso, são ricos em fibras, vitaminas e minerais que ajudam a conter a absorção de açúcares e gorduras.

Leite desnatado e derivados

A inclusão no cardápio diária do leite desnatado e alguns derivados, como o queijo branco e iogurtes, é algo interessante. Esses alimentos contêm cálcio, que previne a osteoporose.

 

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir