Cidadeverde.com
Geral

Técnicos da SEMAM avaliam qualidade da água do Rio Poti

Imprimir

Foto: Ascom/Semam

Uma equipe de técnicos da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semam), ligados aos diversos setores do órgão, vem realizando o monitoramento da qualidade da água do Rio Poti, trabalho que integra o Projeto Observando os Rios, iniciativa da Fundação SOS Mata Atlântica. Na manhã de hoje (26), os profissionais se reuniram para fazer mais uma análise no trecho do rio que margeia o Parque da Cidade, na zona Norte de Teresina.

Esse trecho é um dos nove pontos de observação existentes nos municípios de Teresina e Demerval Lobão, onde está incluído o monitoramento de rios e córregos. A partir das análises, esses corpos hídricos são classificados como ótimo, bom, regular, ruim e péssimo.

As atividades de monitoramento das equipes são realizadas com o uso de kits especiais disponibilizados pela Fundação, que permitem verificar parâmetros como temperatura da água, espumas, fosfatos, oxigênio dissolvido, cheiro e peixes.

A totalização desses indicadores é reunida em um sistema online de dados georreferenciados, que ficam disponíveis no site da organização: http://sosobsriospi.znc.com.br/relatorio/.

“Além disso, a equipe faz a coleta dos resíduos sólidos encontrados nas imediações do nosso ponto de observação, contribuindo ainda mais para a preservação do rio, do meio ambiente. É um trabalho realizado de forma voluntária, que conta com uma equipe empenhada e competente.  Certamente, isso contribuirá para as gerações futuras”, destaca o secretário da Semam, Olavo Braz.

Situação climática

A Semam também realiza, diariamente, o monitoramento da situação climática de Teresina, que envolve o acompanhamento do nível dos rios Parnaíba e Poti, precipitação acumulada, temperatura máxima e mínima, umidade do ar, direção dos ventos, ocorrências de queimadas e alertas de eventos meteorológicos severos.

Esses dados são agrupados e transformados em boletins diários, feitos com o suporte de informações provenientes de algumas plataformas, como Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), Agência Nacional de Águas (ANA) e Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) – Programa Queimadas – Apoio do Ministério do Meio Ambiente.

Para ter acesso aos boletins, basta acessar o site do órgão: semam.teresina.pi.gov.br

Da Redação
[email protected]

Tags: Rio Poti
Imprimir