Cidadeverde.com
Cidades

Assaltantes de banco trocam tiros com a PM e seis morrem em Cocal

Imprimir
  • cocal5.jpg SSP/PI
  • cocal4.jpg SSP/PI
  • cocal3.jpg SSP/PI
  • cocal2.jpg SSP/PI
  • cocal1.jpg SSP/PI

Atualizada às 18h56

Seis suspeitos de explodir duas agências bancárias na cidade de Campo Maior foram mortos em confronto com a Polícia Militar do Piauí na madrugada deste domingo (5). O bando foi cercado pelos policiais perto da cidade de Cocal dos Alves, a 262km ao Norte de Teresina. A informação foi confirmada pelo secretário de segurança, Fábio Abreu.

Os corpos foram encaminhados na manhã de hoje para o necrotério do hospital de Cocal. Segundo o secretário, a polícia continua em campo atrás de mais sete suspeitos.

"Mais três estão na região e outros quatro estão entre Batalha e Barras", afirmou Fábio Abreu.

Fábio Abreu descartou que os cinco homens presos em Chapadinha, no Maranhão, têm relação com os ataques em Campo Maior.

A Secretaria de Segurança Pública informou que foram apreendidos armamentos, carros e explosivos. Participaram da ação policiais do GRECO, Diretoria de Inteligência da SSP-PI, Polícias Civil e Militar de Campo Maior, Piracuruca, Piripiri, Barras, Batalha, RONE, BOPE, Divisão de Operações Especiais da PC-PI e COTAR do Ceará com apoio aéreo.

As diligências continuam em várias regiões com o reforço de mais policiais para captura dos demais membros do grupo criminoso.

Foto: SSP

As explosões

Bandidos explodiram, simultaneamente, as agências do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal, na cidade de Campo Maior, a 78 km de Teresina. A ação criminosa ocorreu por volta de 1h da terça-feira, 30 de abril. No Bradesco, que fica a menos de 20 metros de um dos bancos, também teve estragos devido ao impacto da explosão. 

Segundo o coronel Raimundo Sousa, comandante do policiamento no Norte do Estado, cerca de 20 homens participaram dos crimes e se dividiram em três camionetes. 

Hérlon Moraes
[email protected]

Imprimir