Cidadeverde.com

Quadrilha fortemente armada invade cidade e explode dois bancos no PI

Atualizada às 14h09

Bandidos explodiram, simultaneamente, as agências do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal, na cidade de Campo Maior, a 78 km de Teresina. A ação criminosa ocorreu por volta de 1h, desta terça-feira (30). No Bradesco, que fica a menos de 20 metros de um dos bancos, também teve estragos devido ao impacto da explosão. 

Segundo o coronel Raimundo Sousa, comandante do policiamento no Norte do Estado, cerca de 20 homens participaram dos crimes e se dividiram em três camionetes. 

"A gente tomou todas as providências de mandar reforço de Teresina, Piripiri, Barras, Cabeceiras, fechando as principais barreiras, para fazer a identificação e encontrar os suspeitos", disse o coronel.

Vídeos gravados por moradores mostram o cenário do destruição. 

Após a explosão dos bancos, várias capsulas de armas de diferentes calibres foram encontrados no local. A técnica utilizada pela quadrilha é conhecida pela polícia como “novo cangaço”. “Mostram um poder de fogo para intimidar”, informou o delegado de Polícia no Interior, Marcelo Leal.

A Polícia Civil e Militar permanece em diligências para achar o bando. A investigação deve incluir a Polícia Federal.

Ainda de acordo com o delegado Marcelo Leal, uma outra ocorrência chamou atenção na cidade de Campo Maior. “Quase que ao mesmo tempo do assalto uma família foi feita refém e deixada em uma cidade seguinte”, informou o delegado não confirmando se há relação entre os crimes.

O último caso de explosão de agências bancárias no interior do Piauí foi registrado em Castelo do Piauí, no dia 19 de fevereiro. Os bandidos não conseguiram levar dinheiro na ação.

 

Graciane Sousa e Valmir Macêdo
[email protected]