Cidadeverde.com
Viver Bem

Abrótano: conheça o chá que ajuda a combater a insônia

Imprimir

Foto: Reprodução Chabeneficios

Você já ouviu falar no abrótano? De nome científico Artemisia abrotanum, essa planta medicinal é muito usada no preparo de chás. Ela é originária da Ásia, mas pode ser encontrada aqui no Brasil - onde também é usada para fins fitoterápicos. Além disso, ela é ótima para ter no jardim: tem porte arbustivo, folhas verde-acinzentadas e pequenas flores amarelas bem aromáticas.

Um dos pontos mais interessantes é que ele tem grande potencial aromatizante - consegue afastar insetos e deixa o jardim perfumado. Por isso, essa planta também pode ser usada como aromatizador natural de ambiente, criando uma atmosfera mais agradável e amena.

Chá para tratar insônia

Ele tem um efeito relaxante e, por isso, é muito usado para tratar insônia e outros problemas relacionados ao sono. Uma boa dica é preparar chás com essa planta e outras ervas - como a camomila, por exemplo, que também tem um efeito calmante.

Ajuda na prevenção

Outro ponto interessante do abrótano é que tem propriedades benéficas, servindo para o tratamento de inúmeras doenças. Ele atua como diurético, impedindo a retenção de líquidos e hidratando o corpo, como vermífugo natural e até mesmo como analgésico, aliviando diferentes tipos de dores.

Além disso, também tem propriedades anti-inflamatórias e, por isso, auxilia no tratamento de diferentes infecções. O abrótano costuma ser usado para aliviar sintomas da asma, problemas no estômago, dispneia (falta de ar) e até mesmo tuberculose.

Cólicas menstruais

Ele tem propriedades analgésicas e consegue aliviar bem dores que surgem na região abdominal. Também é boa para regular o ciclo de menstruação, garantindo mais equilíbrio para o funcionamento do corpo.

Tempero e chás

Ele é ótimo para preparar molhos, massas e carnes, podendo ser usado junto com outros temperos clássicos, como a salsinha e a cebolinha, por exemplo. Além disso, o abrótano é ótimo para o preparo de chás digestivos, diuréticos e anti-inflamatórios. Uma boa dica é adicionar outras ervas para fazer um chá ainda mais nutritivo e saudável.

 

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir