Cidadeverde.com
Geral

Agentes de endemias flagram larvas de Aedes aegypti em carros apreendidos

Imprimir

Veículos abandonados no entorno da Central de Flagrantes de Teresina estão servindo de locais para focos do mosquito Aedes aegypti. Dezenas de larvas já foram identificadas no local por agentes de endemias. A gestão da Central foi notificada.

No local também há um caminhão com carroceria descoberta carregada de pneus. Dentro do depósito, que já está cheio de veículos, também há peças de motos acumulando água. No local também foram encontradas larvas.

Os agentes de endemias alertam que o mosquito, vetor de doenças como dengue e chikungunya, pode afetar um raio de 100 metros a partir do local onde foi gerado.

De acordo com a gestão da Central de Flagrantes, os veículos apreendidos pelas Polícias Militar e Civil fazem parte de processos judiciais e dependem do Poder Judiciário.

Foto: Reprodução/TV Cidade Verde

O delegado-geral Luci Keyko explica que há um diálogo com o Poder Judiciário. “A justiça tem ciência e a gente não tem local adequado para comportar todos os veículos”, explicou, alertando que o problema de depósito de veículos apreendidos é um problema nacional.

Sobre o problema, o Tribunal de Justiça do Piauí ainda não se manifestou sobre o caso.

Baú abandonado

Também próximo a Central de Flagrantes a população tem reclamado de um baú estacionado no cruzamento entre a Rua Seabra e a Magalhães Filho. Segundo os moradores, o baú está abandonado há mais de um ano e serve como abrigo para moradores de rua e usuários de drogas.

Valmir Macêdo (com informações de Tiago Melo)
redacao@cidadeverde.com

Imprimir