Cidadeverde.com
Política

Indicação política seria "danosa" para hospitais, diz Francisco Costa

Imprimir

Foto: Roberta Aline/ Cidadeverde.com

A polêmica das nomeações dos diretores de hospitais da rede estadual tem pautado as discussões da base do governo, que disputa as indicações para gestores hospitalares. Para o deputado estadual e ex-secretario de saúde, Francisco Costa (PT), a tarefa das indicações deve ficar com o secretario de Saúde, Florentino Neto. 

"Pela experiência que eu tive como secretário [de Saúde] o ideal é que ele tenha mais liberdade para selecionar. Os hospitais têm muita sensibilidade, lidam com urgências, as vezes a interferência politica é muito danosa", alertou.

Segundo Francisco Costa, o governo ainda não teria definido o fator de escolha para as direções hospitalares. 

"O governador está vendo um formato para ver um mecanismo de como isso vai ser definido", acrescenta o deputado.

Francisco Costa lembrou que as definições técnicas em outras pastas estão atendendo ao direcionamento dos secretários e que o mesmo deveria ocorrer na Saúde. "Melhor para a população", destaca.

Apesar de considerar a disputa politica pelas  direções danosa para os hospitais, o deputado ressalva que respeita as indicações técnicas das lideranças.

 

Flash Valmir Macêdo
redacao@cidadeverde.com

Imprimir