Cidadeverde.com
Geral

"Rua do Tráfico" é alvo de operação da polícia e dois são presos em Teresina

Imprimir

Foto: Polícia Civil/Depre

Seis casas em uma mesma rua na Vila Irmã Dulce foram alvos da Operação Plataforma, deflagrada nesta quinta-feira (23), pela Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (Depre). O delegado Luciano Alcântara informou ao Cidadeverde.com que oito pessoas foram conduzidas à Depre. Dessas, duas ficaram presas pelo crime de tráfico de drogas. 

Os presos em flagrante foram identificados como Rogério Cardoso dos Santos e Paulo Leal da Hora Neto. Dos oito conduzidos, um era adolescente de 17 anos, que já tinha passagens pela polícia. O adolescente foi liberado após prestar esclarecimentos. 

O delegado explicou que a operação ocorreu após inúmeras denúncias anônimas, desde janeiro deste ano, de que as casas funcionavam como pontos de venda de drogas na Rua Plataforma, dando nome a operação. 

"Ela é uma das ruas do tráfico na Irmã Dulce. A investigação apontou que essas seis casas estavam traficando  e localizadas em um raio de 500 metros, muito próximas uma das outras, todas relacionadas a Rua Plataforma. Então, decidimos fazer essa operação hoje. Em todos os alvos (residências) encontramos drogas. Em uma delas, as pessoas estavam fazendo uso de crack", disse Luciano.

Além de drogas, a Depre apreendeu um animal silvestre (cuja criação doméstica é proibida), munição de arma de fogo e balança de precisão (usada na venda de drogas). 

Das seis casas, duas pertencem a uma pessoa que foi assassinada em 2019. A identidiade do morto não foi revelada.  O flagrante ocorreu nas outras quatro residências. 

Sobre as prisões, o delegado ressaltou que Paulo Leal já foi preso pelo crime de tráfico e respondia em liberdade. Paulo afirmou ser aposentado, mas não revelou qual profissão exercia. Rogério Cardoso possui passagens pela polícia por furtos e roubos; o próprio Rogério declarou como profissão ser "lanceiro", nome usado para designar quem furta carteiras.  

Carlienne Carpaso
carliene@cidadeverde.com 

Imprimir