Cidadeverde.com
Política

Ministro do STJ Benedito Gonçalves recebe título de cidadão piauiense

Imprimir

Foto: Francisco Leal

O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Benedito Gonçalves recebeu, na manhã de hoje (17), na Assembleia Legislativa do Estado, o título de cidadão piauiense. A honraria foi proposta pelo deputado Fábio Xavier (PR).A solenidade foi prestigiada pelo governador Wellington Dias (PT), ministro do STJ, Raul Araújo; senador Ciro Nogueira (Progressistas), deputado federal Marcos Aurélio Sampaio (MDB), o secretário de Estado de Governo, Osmar Júnior; o presidente do Tribunal de Justiça do Piauí, desembargador  Sebastião Ribeiro Martins; o desembargador do Tribunal Regional Federal Kássio Nunes Marques, a sub-procuradora-geral de Justiça Marta Celina de Oliveira e outras autoridades.

Em seu discurso, o deputado Fábio Xavier disse ser uma honra saudar o ministro Benedito Gonçalves. “O ministro toma decisões que não importam apenas ao povo do Piauí, que hoje é conterrâneo, mas tem a responsabilidade de levar ao povo brasileiro a Justiça que muito importa para todos nós”, destacou o deputado, que também lembrou que a esposa do ministro é natural de Parnaíba.Benedito Gonçalves agradeceu a honraria e disse ser uma receber sua nova certidão de nascimento. 

“Agradeço a esta Casa por aprovar a entrega de título a minha pessoa. Estou muito honrado e aos meus irmãos agora, que admiro tanto pela força e garra, podem contar comigo. As portas estão abertas para dar ao Piauí a justiça que ele merece”, disse o ministro.O Governador do Estado, Wellington Dias disse que esta é uma justa homenagem ao ministro. “Com certeza o ministro Benedito Gonçalves tem um olhar especial o estado do Piauí e para a Justiça, e é uma alegria poder partilhar dessa justa homenagem”. 

Histórico - Proveniente do TRF da 2ª região, com sede no Rio de Janeiro, Benedito Gonçalves ocupou a vaga aberta com a aposentadoria do ministro José Delgado. Natural do Rio de Janeiro, Benedito Gonçalves iniciou sua carreira na magistratura como Juiz Federal, aprovado em concurso público de provas e títulos no ano de 1988.Dez anos depois foi promovido, por merecimento, ao cargo de desembargador federal do TRF da 2ª região, com jurisdição nos Estados do Rio de Janeiro e do Espírito Santo. Benedito Gonçalves sempre foi preocupado com combate à morosidade do Judiciário, coordenou o Projeto Zero, da Coordenadoria – Geral da Justiça Federal da 2ª região. O desembargador Federal foi coordenador regional dos Juizados Especiais Federais da 2ª região. No cargo, promoveu a adesão dos órgãos públicos do Rio de Janeiro ao processo digital.

Fonte: Alepi

Imprimir