Cidadeverde.com
Geral

Mãe e duas filhas são mortas por suposta briga de vizinhos

Imprimir

Foto: Reprodução / SBT

Uma mãe e suas duas filhas foram encontradas assassinadas, dentro de casa, no início da noite de sábado (15) em Itapevi (Grande SP). Elas foram mortas em frente a três crianças, filhos e netos das vítimas. Um suspeito pelo crime foi identificado, segundo a polícia, mas não havia sido preso até a conclusão desta edição. 

De acordo com a polícia, Fabiane Vitor do Nascimento, 44, e uma de suas filhas, Laiza Domenicca Vitor Germano, 18, foram encontradas já mortas, em um cômodo de casa, com tiros nas cabeças. A outra filha de Fabiane, Evelyn Raiane Vitor Germano, 20, também foi encontrada sem vida, também com marcas de tiros, em outro cômodo da residência. O caso foi registrado como homicídio simples.

O crime ocorreu enquanto acontecia uma festa, em outra casa, na rua onde as vítimas viviam, no bairro Jardim Maristela. A motivação para o crime ainda é apurada pela polícia. Mas uma das linhas de investigação seria um desentendimento entre as vítimas e um vizinho, identidade não informada, ocorrido por conta da colocação de sacos de lixo na calçada. 

Boletim de ocorrência afirma que o local onde os corpos foram achados é de difícil acesso e que nenhuma testemunha foi encontrada para ajudar no esclarecimento do caso. O portão da residência das vítimas, ainda segundo a polícia, foi arrombado.  As crianças, de oito meses, um e dois anos, foram encaminhadas ao Conselho Tutelar da cidade. 

Foi apurado pelo Agora que Fabiane era foragida da Justiça, pois havia um mandado de prisão em aberto contra ela, por furto. Segundo a Secretaria da Segurança Pública, gestão João Doria (PSDB), 11 pessoas foram assassinadas em Itapevi, entre janeiro e abril de deste ano. No mesmo período de 2018, foram 10.

Fonte: FolhaPress

Imprimir