Cidadeverde.com
Viver Bem

Dieta específica ajuda quem sofre de fibromialgia

Imprimir

Foto: www.brasil.gov.br

Dor nos ombros, braços, costas, pernas, cabeça, pés. Quem tem fibromialgia conhece bem o corpo, pois ele reclama como um todo. A ponto de, em momentos de crise, um simples toque já incomodar. Pessoas com este quadro clínico sofriam duplamente, pois a doença demorou a ser reconhecida como um mal físico.

Quem apresenta quadros de dores crônicas precisa de proteína, ferro, cálcio e vitaminas do complexo B. Os medicamentos costumam dificultar a absorção desses nutrientes e essa carência pode estar relacionada ao aumento do desconforto generalizado. Na verdade, se existe falta de proteínas, o corpo vai roubá-las dos músculos, que ficam ainda mais sensíveis.

Confira alguns alimentos que devem fazer parte da dieta do fibromiálgico:

Triptofano

Aminoácido antidepressivo que ajuda a sintetizar a serotonina, que ajuda a regular a sensação de dor, do humor e do sono. Fontes alimentares: ovos, carnes, leite, banana, iogurte, queijo, frutas secas, ômega 3 e chocolate.

Magnésio

Mineral que ajuda no relaxamento dos músculos. Função: síntese protéica, contractilidade muscular, excitação dos nervos. Fontes: cereais integrais, vegetais verdes escuros, nozes, damasco seco, gérmen de trigo, grãos de soja, carnes, leite.

Cálcio

Mineral importante para contração dos músculos. A falta de cálcio pode causar câimbras. Fontes: leite e derivados, coalhada, queijo, couve, brócolis, flocos de cereais, gergelim, amêndoas, castanha do Pará, farinha de soja.

Vitamina E

Ajuda na prevenção de câimbras nas pernas, que costumam acontecer por causa do aumento da circulação sanguínea. Função: Potente antioxidante. Previne danos à membrana celular e aumenta a absorção de vitamina A, além de proteger as hemácias. Atua também na manutenção do tecido epitelial. Fontes: nozes, germe de trigo, carnes, amendoim, gema de ovo.

Manganês

Estimula atividades enzimáticas, tais como antioxidação e produção de energia. Fontes: cereais integrais, avelã, grãos de soja

 

Fonte: Estadão Conteúdo

 

Imprimir