Cidadeverde.com
Viver Bem

Kale: mitos e verdades sobre a verdura que virou celebridade

Imprimir

Foto: Pixabay/ fotos gratis

Se o abacate é uma celebridade no mundo das frutas, então seu equivalente no universo das verduras tem que ser o kale, também conhecido como couve-de-folhas Com folhagem verde escura, é considerado um alimento essencial.

A tendência é vista com força lá fora. O número de plantações de kale nos Estados Unidos dobrou entre 2007 e 2012. A cantora Beyoncé chegou a usar um moletom em um videoclipe de 2015 com a palavra “kale” estampada nele. Entretanto, ainda há dúvidas sobre o status atingido.

Bom, mas não milagroso

Assim como o abacate, a couve-de-folhas apresenta benefícios reais para a saúde, por isso seu status de celebridade não deve ser reduzido à mera propaganda feita por celebridades. Mas é importante manter certo grau de ceticismo e saber que nenhum alimento é uma solução milagrosa para a saúde perfeita, independentemente de quão popular ou nutritivo ele seja.

Especialistas dizem que uma dieta variada de frutas, legumes e verduras é mais rica em nutrientes do que consumir sempre o mesmo tipo de alimento. Por exemplo, misturar alface, espinafre e agrião pode ser mais saudável do que comer só kale.

Não importa o quão famoso ou popular um alimento específico se torne, lembre-se sempre: sua dieta não deve consistir de um único tipo de alimento. E se alguém disser que 'o kale é o único que vai fazer x, y e z por você', isso é evidentemente uma bobagem.

Como consumir

A couve kale pode ser consumida fresca ou cozida. Aconselha-se sempre uma lavagem prévia para acabar com possíveis impurezas. Pode-se utilizar tanto os talos como as folhas, mas as folhas são onde se concentram mais nutrientes e que se costumam utilizar mais. Se a for consumir cozida, é aconselhável não exagerar na água, pois pode perder as suas vitaminas e os seus minerais.

 

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir