Cidadeverde.com
Cidades

Jornal escolar mobiliza estudantes e comunidade em Geminiano

Imprimir

O jornal escolar "Corujinha" está revolucionando a forma de ver o mundo dos alunos da Escola Estadual Pedro Evangelista Caminha, em Geminiano, cidade localizada a 330 km de Teresina. A única escola de Ensino Médio do município conta com 290 alunos, ofertando também, no período noturno, a modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA). 

Segundo a diretora Inês Costa, a ideia do projeto é ampliar o conhecimento sociológico dos alunos, buscando reflexões inerentes ao complexo social como um todo, não somente particularizada em uma disciplina específica ofertada em sala de aula. "Nós entendemos que os alunos são portadores de múltiplos conhecimentos e habilidades desenvolvidas fora e dentro da escola, e que os projetos desenvolvidos dentro da mesma proporcionam a possibilidade de dar vez e voz aos agentes escolares como protagonistas juvenis", explica a gestora.

A gestora acredita que a prática da Comunicação Social em forma de jornalismo impresso, nesse caso específico, pode estabelecer uma espécie de diálogo entre as habilidades dos estudantes (saberes trazidos pelos alunos), além de gerar aproximação com os mais variados conteúdos. "Um grande exemplo dessa integração está na 10ª edição, no qual encontramos a apropriação do aluno Robson, que relacionou as suas práticas de vaquejada com a concepção de poder para o sociólogo Marx Weber", atesta Inês Costa.

De acordo com o professor Ricardo de Moura, um dos idealizadores do projeto, o nome Jornal Corujinha parte da ideia centrada em princípios da Filosofia, em que a coruja é o mascote da Deusa Atena na mitologia Grega, representando o conhecimento. "Em discussões em sala de aula nós decidimos trazer esse conhecimento, ou seja, a corujinha para nos debruçarmos sobre vários temas dentro e fora do ambiente escolar", revela o docente.

Com uma periodicidade mensal, o jornal Corujinha atravessou as fronteiras da sala de aula e penetrou em reuniões de pais e mestres e gerou intercâmbio com outras escolas locais. Hoje, o projeto conta com participação da própria comunidade de Geminiano, repassando informações em forma de texto à equipe do jornal.

O aluno Jairton James revela que o jornal consegue grande destaque no universo escolar, pois a equipe já realizou palestra em escolas como a Unidade escolar Marcos Parente em Picos. "Mensalmente fazemos reuniões para definir nossa atuação dentro e fora da escola. Esse ano fomos na escola Marcos Parente falar da nossa iniciativa", comenta o redator Jairton James.

Um projeto que ultrapassa os muros da escola

No sentido restrito de produção de um noticioso, seja ele impresso ou não, junta-se uma gama de conhecimentos e técnicas para a elaboração consistente e equilibrada deste. Nesse sentido, a participação de todos torna-se necessária.

Joyce Moura é assistente social e participa da iniciativa. De acordo com ela, o Jornal Corujinha leva riqueza para a comunidade escolar e fora dela, pois promove inclusão social através das suas linhas. "É uma oportunidade única e brilhante para os alunos e sociedade local por introduzir conhecimento para todo público envolvido, alunos, professores e a sociedade local. A inclusão aparece no momento em que se tem amplo contato e troca de conhecimento por parte de todos", avalia a assistente social.

Da mesma forma, o aluno Ramom Aparecido, membro da equipe de produção do Jornal Corujinha, expressa seu entusiasmo e satisfação em poder participar efetivamente do projeto. Segundo o aluno, é gratificante e enriquecedor receber e passar conhecimento. "É muito gratificante, pois quando estou fazendo o jornal eu aprendo com os outros e também passo o que tenho de conhecimento. É uma via de mão dupla", analisa o jovem estudante.

O Jornal Corujinha é discutido no universo escolar de Geminiano mensalmente e exposto no mural da escola e sala dos professores. O Jornal Corujinha já está na sua 17 edição e sua versão digitalizada que pode ser acessada no endereço filoartesgeminiano.blogspot.com e no aplicativo Século XXI. 

Imprimir