Cidadeverde.com
Entretenimento

Agnaldo Timóteo recebe alta após quase dois meses internado

Imprimir

Foto: TV Brasil


Após passar quase dois meses internado, o cantor Agnaldo Timóteo recebeu alta hospitalar nesta sexta-feira (19) em São Paulo.

O cantor, de 82 anos, estava internado desde o dia 21 de maio. Ele foi hospitalizado primeiro em Salvador, na Bahia, e depois transferido para o Hospital das Clínicas, em São Paulo, e chegou a ficar dias na unidade de terapia intensiva (UTI) e a respirar com a ajuda de aparelhos. Após a alta ele seguiu para o Rio de Janeiro para continuar o tratamento em casa.

Agnaldo Timóteo foi internado na tarde do dia 20 de maio, em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Barreiras, interior da Bahia, por volta das 16h.

Ao dar entrada no centro médico, o cantor estava com pressão alta, vômito e glicemia baixa. Ele foi transferido para o Hospital do Oeste da Bahia na noite do mesmo dia. 

Além disso, o filho Márcio Timóteo disse ao E+ no dia 21 de maio, que o músico foi diagnosticado com Acidente Vascular Cerebral (AVC). No mesmo dia, ele foi transferido novamente, desta vez para a UTI do Hospital Geral Roberto Santos (HGRS) em uma aeronave cedida pelo governo do Estado.

Piora no quadro clínico

Em 27 de maio, a saúde de Agnaldo Timóteo se agravou. Foi diagnosticado com infecção urinária e outras complicações, precisando respirar com a ajuda de aparelhos e também entrou em coma induzido. Dias depois, os sedativos começaram a ser retirados e ele voltou a respirar sem o auxílio de aparelhos.

No domingo, 2 de junho, o quadro clínico do cantor estava estável, mas ele não tinha se adaptado à dieta via oral.

Na segunda-feira, 3, ele apresentou um quadro de confusão mental, segundo informou o boletim médico divulgado na ocasião. "[Timóteo] Apresenta um quadro de desorientação flutuante compatível com delirium (confusão mental comum em idosos hospitalizados)", esclareceu a nota.

Na quinta-feira, 6, o Hospital Geral Roberto Santos informou que o músico tinha autorização médica para ser transferido de Salvador para São Paulo. 

No entanto, o cantor apresentou retrocesso do padrão neurológico na sexta-feira, 7, informou a assessoria de imprensa do HGRS, onde estava internado. O boletim médico divulgado pelo hospital informava que quadro do cantor era crítico. 

No sábado, 8 de junho, ele foi transferido para São Paulo, onde permaneceu até receber alta nesta sexta-feira, 19.

 

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir