Cidadeverde.com
Cidades

Trecho em que houve colisão de carretas na BR-315 não foi alargado

Imprimir

O trecho da BR-315 onde ocorreu um grave acidente envolvendo duas carretas na tarde deste domingo (28) não era alargado. De acordo com o inspetor da Polícia Rodoviária Federal, Alexsandro Lima, o tamanho da pista e o relevo da região criam condições de risco para o tráfego de veículos.

Segundo o policial rodoviário, os acidentes tem diminuído na rodovia. Intervenções do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) que alargaram trechos da BR contribuíram para essa redução.

“Esse alargamento se encontra até a cidade de Bom Jesus. A pretensão do Dnit, conforme o superintende, doutor Ribamar, é que essa intervenção vá até a Bahia. Porém naquele lugar específico do acidente , essas intervenções ainda não aconteceram, na região do São Gonçalo do Gurguéia. E a característica desses acidentes são acidentes graves com vítimas”, explicou. 

O acidente resultou em sete horas de pista interditada. 

Foto: Analice Borges/Cdiadeverde.com

PRF no Sul

A ausência de um posto avançado da PRF no extremo Sul do Piauí é trabalhada, segundo o inspetor, por meio de um agrupamento junto ao posto do Detran em Bom Jesus. A perspectiva, segundo Alexandre, é que seja construído um novo posto para a região. “A intenção do inspetor Eugênio Pires é que possivelmente a gente consiga a construção de um posto na cidade de Corrente”, assinala.

Retorno das férias

O inspetor reitera que a PRF vai continuar acompanhando o fluxo de veículos no período de férias e pede prudência aos motoristas. “De preferência fazer o planejamento do retorno, fazer a revisão do veículo e fazer esse planejamento com paradas para descansar durante a viagem”, aconselha. 

De acordo com a PRF, no período de férias, o fluxo de veículos aumentou 60% na BR-343, na região de Parnaíba e Luís Correia. “No último final de semana mais de 90 mil veículos saíram de Teresina”, informou o inspetor. 

A meta é reduzir a quantidade de acidentes do ano passado, quando foram registrados 127 acidentes, 67 feridos e 10 óbitos.

Valmir Macêdo
[email protected]

 

Imprimir