Cidadeverde.com
Economia

No Piauí, 95 mil servidores terão acesso a aplicativo sobre Previdência

Imprimir
  • seda-3.jpg Paulo Pincel/Ascom
  • sead-app.jpg Paulo Pincel/Ascom
  • sead-4.jpg Paulo Pincel/Ascom
  • sead-3.jpg Paulo Pincel/Ascom
  • sead1.jpg Paulo Pincel/Ascom

Um aplicativo irá reunir dados da previdência de todos os servidores estaduais do Piauí. O mecanismo, segundo o presidente da PiauíPrev, Ricardo Pontes, é facilitar o acesso dos servidores ativos, inativos e pensionistas sobre o processo de aposentadoria, do pedido ao recebimento. Pelo menos 95 mil servidores terão acesso a plataforma, que é gratuita. 

A plataforma voltada para o servidor deverá ser lançado em outubro deste ano. No entanto, nesta terça (30), a Fundação Piauí Previdência lançou o Sisprev-Gestores, um aplicativo quer permitirá os servidores acessarem - via celular ou tablet - informações sobre a gestão da Previdência no Piauí. 

O lançamento de hoje, para Pontes, é o início da modernização desse processo, que tem como principal objetivo, otimizar as informações envolvendo a Previdência.  Pontes ressaltou que o aplicativo apresentado nesta terça está em fase de testes, e deverá ser lançado oficialmente em agosto ou setembro. 

O Sisprev-Gestores estará disponível para a gestão interna do Estado, sendo liberado aos servidores ligados a esse benefício, como os das secretárias de Fazenda, Planejamento e Administração. "Além, é claro, do governador do Estado, que poderá acompanhar a situação (de maneira mais rápida)". 

"É importante nós termos essas informações 'na palma da mão' para quando for preciso usar rapidamente em uma reunião ou precisar disponibilizar à imprensa. Os servidores vão acompanhar todas as informações no aplicativo, como tempo de contribuição, tempo de serviço, valores no contra-cheque", explicou Pontes.

Pontes ressaltou que de janeiro a junho de 2019, cerca de 600 novas pessoas se aposentaram no Piauí. Outras 5.200 estão aptas a se aposentar até o final deste ano. 

Reforma da Previdência

O lançamento do aplicativo ocorre em meio a discussão nacional sobre a Reforma da Previdência. Ricardo Pontes ressaltou que acompanha as tratativas entre o governo federal e estadual, com a esperança que os estados e municípios sejam incluído na nova proposta. 

Pontes destacou a possibilidade de um simpósio em setembro para discutir com todos os poderes o impacto da Reforma da Previdência e dos regimes próprios do Estado e dos Municípios. 

Representantes do Executivo, Legislativo, Judiciário, Tribunal de Contas, Ministério Público, Defensoria Pública, Associação Piauiense de Municípios deverão participar desse evento. 
 

Carlienne Carpaso
carliene@cidadeverde.com

Imprimir