Cidadeverde.com
Geral

Preso suspeito de participar de morte de jogador do Tiradentes

Imprimir

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa  (DHPP) elucidou o assassinato do jogador Helton Carlos do Nascimento, que atuou no Campeonato Piauiense sub 19. Um dos suspeitos foi preso na manhã desta quarta-feira (07) e dois estão foragidos. 

O delegado Francisco Costa, o Baretta, coordenador do DHPP, conta que o jogador foi morto por engano. O alvo seria um indivíduo com as mesmas características da vítima, suspeito de ter matado a mãe de um dos envolvidos em 2008. 

Lucas Felipe Santos de Melo, 19 anos, foi preso em casa, na zona Norte de Teresina.  Os foragidos são Wagner Dávio Carvalho de Almeida e Anderson Carvalho da Silva. 


Foragidos Anderson Carvalho da Silva e Wagner Dávio Carvalho de Almeida

"Foi um crime complexo porque os atiradores estavam de capacetes. A motivação foi vingança. A mãe do Wagner foi morta em 2008 e ele prometeu vingar. No dia da morte do jogador, um indivíduo identificado como Bruno que seria parente do autor da morte da mãe de Wagner, estava lá e eles foram para matar, mas acabaram tirando a vida de um inocente, um jovem com um futuro promissor", explica Baretta.  

Lucas Felipe negou a acusação. Ele foi apontado nas investigações como o piloto da moto. "Ele ficou calado, mas temos provas contundentes conseguidas pelo delegado Genival Vilela e sua equipe. Agora, os outros dois estão sendo caçados e vão dizer como querem ser presos", reitera o delegado. 

O crime ocorreu em junho deste ano em um campo de futebol na praça da Vila Operária , na zona Norte.

Foto: Facebook/ Helton Carlos

 

Flash Graciane Sousa
redacao@cidadeverde.com 

Imprimir