Cidadeverde.com
Política

Dr. Lázaro diz que permanece no Cidadania e vai disputar eleição

Imprimir

O vereador Dr. Lázaro afirmou nesta segunda-feira (12) que não é de seu interesse deixar seu partido, o Cidadania, embora esteja enfrentando problemas internos com a presidência da legenda. Segundo ele, um pequeno grupo de pessoas quer conduzir os destinos do partido.

"Eu recebi um não do PPS (hoje Cidadania) e faltando 48h para encerrar o prazo de filiação eu recebi um convite para integrar. Sempre se formam nesses partidos pequenos grupos para conduzir seus destinos. A gente deve explicações ao nosso eleitorado. Temos que combater esse tipo de atitude, onde um pequeno grupo de pessoas quer cuidar do destino do partido e das eleições", disse o parlamentar durante entrevista ao Jornal do Piauí, da TV Cidade Verde.

O vereador ressaltou que nunca manifestou interesse em deixar a sigla. "Nunca manifestei desejo de sair do Cidadania. O presidente do Cidadania não queria o Dr. Lázaro, mas várias legendas me convidaram. Isso passa para a população a impressão de que algo não está dando certo. É até uma mácula no partido. Queremos um partido com identidade. Não podemos tirar a democracia do jogo. Vamos montar uma chapa competitiva", declarou.

Foto: Hérlon Moraes

Dr. Lázaro afirmou ainda que é saudável para o país o fim das coligações proporcionais.

"Toda mudança gera muito debate. Alguns concordam e outros não. A ideia de impedir as coligações é uma ideia positiva. Nesse sentido o Brasil avançou e evita uma proliferação de legendas sem ideologia", finalizou.

Hérlon Moraes
herlonmoraes@cidadeverde.com

Imprimir