Cidadeverde.com
Viver Bem

Cinco dicas sobre saúde bucal na gravidez; veja

Imprimir

Durante a gestação, alterações hormonais e demais mudanças no organismo feminino podem provocar problemas bucais como desgaste do esmalte dos dentes e inflamações na gengiva. Para evitar o desenvolvimento dessas disfunções, o Dr. Fábio Bibancos, ortodontista elenca cinco dicas especiais de saúde bucal para gestantes. O cuidado com o sorriso também traz benefícios para o bebê. Confira:

Incômodos gástricos

Durante a gravidez, é comum surgirem alguns incômodos gástricos leves, como refluxo, azia e ânsia de vômito. Nessas situações, o conteúdo do estômago volta para a boca e deixa o pH da região mais ácido, afetando os dentes. Após a regurgitação, faça um bochecho com água acompanhado de uma boa escovação.

Gengivas inflamadas

“O excesso de progesterona que pode ocorrer durante a gestação contribui para o surgimento da gengivite, cujos sinais mais comuns são: gengiva inflamada e sangramento ao escovar os dentes ou ao passar o fio dental. Essas inflamações gengivais quando não acompanhadas e tratadas no início podem acarretar no aumento de prostaglandina que provoca contrações e antecipa o parto”, explica. 

Realizar consultas preventivas ao dentista 

Se o dentista acompanha o quadro de saúde a cada 6 meses do paciente, fica mais fácil e seguro planejar procedimentos com o menor risco possível para a gestante. Dessa forma, o dentista pode atuar na prevenção de doenças e orientar a gestante com base no histórico da paciente. 

“A manutenção da higiene bucal diária, com escovação e limpeza interdental também é essencial para prevenir problemas bucais na gestação”, indica Bibancos. Para tornar a higiene bucal mais prática para as gestantes há opções dos Flossers, fio dental com haste, e os Soft-Picks, palitos interdentais siliconados, alternativas ao fio dental tradicional, que promovem uma boa limpeza interdental.

Tratamento estéticos e ortodônticos – por enquanto não!

Iniciar um tratamento ortodôntico, realizar um clareamento dental: esse tipo de procedimento pode esperar os nove meses.

Sentiu dor de dente?

As gestantes devem evitar alguns procedimentos e exames como o raio-x, canal e extração dentária. “Em casos de emergência, seu dentista vai avaliar o quanto é necessário realizar determinado procedimento, pensando sempre na qualidade de vida da mamãe e do bebê e se programar para realizar o procedimento sempre com segurança para todos”. 


redacao@cidadeverde.com

Imprimir