Cidadeverde.com
Esporte

Charles Leclerc domina treino classificatório e faz a pole para o GP da Bélgica

Imprimir

Charles Leclerc está muito à vontade nem Spa- Francorchamps Depois de liderar dois dos três treinos livres, o monegasco da Ferrari dominou completamente a sessão classificatória neste sábado e fez a pole para o GP da Bélgica, o primeiro depois das "férias de verão" da Fórmula 1.

O jovem piloto de Mônaco conquistou sua terceira pole nesta temporada ao dominar todos os segmentos na classificação e viu seu companheiro de Ferrari Sebastian Vettel confirmar o bom desempenho da equipe italiana nas atividades no traçado belga e chegar em segundo lugar. O alemão ficou 0s748 atrás de Leclerc, que anotou o tempo de 1min42s519.

"É muito bom largar em primeiro. O primeiro setor não foi o que queríamos, mas depois estivemos muito fortes. Temos de trabalhar um pouco no nosso ritmo de corrida, mas acho que devemos ser rápidos amanhã", disse Leclerc após o treino.

A dobradinha da Ferrari na sessão de classificação pode ser um indício de que a equipe pode, finalmente, vencer uma corrida em 2019. A escuderia italiana não coloca uma piloto no lugar mais alto do pódio desde o GP dos EUA em outubro do ano passado, quando Kimi Raikkonen, hoje na Toro Rosso, foi o vencedor.

Outro que amarga um bom jejum de triunfos é Vettel. O alemão completou um ano sem vitória na F1 no último dia 26. Neste dia, em 2018, ele venceu justamente o GP da Bélgica.

Lewis Hamilton se redimiu do erro que o fez bater nos pneus de proteção durante o terceiro treino livre e vai largar no terceiro lugar. O inglês da Mercedes, líder do Mundial de Pilotos, só teve seu carro consertado já com a classificação em andamento. Os mecânicos fizeram um bom trabalho e repararam a suspensão dianteira.

"O terceiro treino foi terrível para mim, mas meus caras nos boxes sempre dão 100% e estou muito grato a eles por terem me colocado de volta aqui", disse Hamilton, que terá ao seu lado na segunda fila o companheiro Valtteri Bottas. 

O holandês Max Verstappen, da Red Bull, e o australiano Daniel Ricciardo, da Renault, conseguiram a quinta e sexta posições, respectivamente. O alemão Nico Hulkenberg, parceiro de Ricciardo, foi o sétimo.

O grupo dos dez primeiros colocados foi completo, na sequência, pelo finlandês Kimi Raikkonen, da Alfa Romeo, o mexicano Sergio Pérez, da Racing Point, e o dinamarquês Kevin Magnussen, piloto da Haas. 

No entanto, a classificação não é definitiva. O grid de largada pode mudar em razão de uma série de punições que podem ocorrer por trocas de componentes dos carros de vários pilotos.

A largada para o GP da Bélgica no circuito de Spa-Francorchamps, a 13.ª das 21 etapas da temporada de 2019 da Fórmula 1, será às 10h10 (de Brasília) deste domingo.

Confira o grid de largada do GP da Bélgica:

1) Charles Leclerc (MON/Red Bull) - 1min42s519

2) Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) - 1min43s267

3) Lewis Hamilton (ING/Mercedes) - 1min43s282

4) Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) - 1min43s415

5) Max Verstappen (HOL/Red Bull) - 1min43s690 

6) Daniel Ricciardo (AUS/Renault) - 1min44s257

7) Nico Hulkenberg (ALE/Renault) - 1min44s542

8) Kimi Raikonnen (FIN/Alfa Romeo) - 1min44s557

9) Sergio Perez (MEX/Racing Point) - 1min44s706

10) Kevin Magnussen (DIN/Haas) - 1min45s086

---------------------------------------------- 

11) Romain Grosjean (FRA/Haas) - 1min44s797

12) Lando Norris (ING/McLaren) - 1min44s847 

13) Lance Stroll (CAN/Racing Point) - 1min45s047 

14) Alexander Albon (TAI/Red Bull) - 1min45s799 

-----------------------------------------------

15) Antonio Giovinazzi (ITA/Alfa Romeo) - 1min45s637

16) Pierre Gasly (FRA/Toro Rosso) - 1min46s435

17) Carlos Sainz Jr. (ESP/McLaren) - 1min46s507

18) Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso) - 1min46s518

19) George Russell (ING/Williams)- 1min47s548.

SEM TEMPO

Robert Kubica (POL/Williams).

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir