Cidadeverde.com
Destaques da TV/Rádio

Trecho da Transnordestina liberado para obra compreende cerca de 300 km

Imprimir

O trecho da Transnordestina liberado pela Justiça para obra compreende cerca de 300 km e abrange as cidades de Ribeira do Piauí- PI à Trindade-PE. A obra havia estava paralisada após um imbróglio envolvendo duas comunidades quilombolas no Piauí. 

"Em 2016 houve decisão da Justiça paralisando o trecho de Elizeu Martins-PI à Trindade-PE. Esse trecho compreende cerca de 400 km. Essa decisão foi em função de um questionamento a respeito de duas comunidades quilombolas no Piauí que alegaram que estavam tendo problemas de desrepeito aos seus direitos. Naquele momento, a Justiça deu ganho de causa. Agora, o TRF-1 suspendeu uma parte do embargo e mandou retomar as obras de Ribeira do Piauí até Trindade-PE, o que reflete 312 km de obras que serão retomadas, ou seja, a maior parte da obra", disse o secretário de Planejamento Antônio Neto. 

A Transnordestina é uma obra estratégica para o desenvolvimento do Brasil, com forte impacto no Piauí, por onde devem passar cerca de 14 milhões de toneladas por ano em de grãos, combustível e outras cargas.

O secretário explica que a obra segue parada de Elizeu Martins à Ribeira do Piauí, mas que as negociações devem se desenrolar até o fim do ano.

"A empresa responsável pela obra e a comunidade quilombola intermediada pela Fundação Palmares estão negociando. Acreditamos que com a decisão da justiça federal será viabilizado de maneira rápida um acordo. Foi depositado R$ 1 milhão para possíveis indenizações e mitigações da obra em relação às comunidades quilombolas", conclui Antônio Neto. 

 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Imprimir