Cidadeverde.com
Cidades

Menor apreendido por latrocínio e estupro pode ser liberado se não houver parecer do MP

Imprimir

Foto: Polícia Civil do Piauí

Apreendido nesse domingo (8) em Baixa Grande do Ribeiro e conduzido à Delegacia Regional de Uruçuí, o menor de 16 anos de iniciais J.C.S, suspeito de assassinar um jovem e estuprar sua namorada logo em seguida, pode ser liberado caso não seja dado um parecer pelo Ministério Público.

O delegado titular de Uruçuí, Célio Benício, alerta para a possibilidade do menor permanecer em liberdade.

“O juiz me garantiu que vai está finalizando a ordem ainda hoje (9) e assim que tivermos essa decisão, faremos a internação dele. Agora se hoje essa decisão não sair, amanhã pela manhã terei que entregar ele a um responsável”, disse o delegado. 

A internação do jovem já era solicitada pela Polícia Civil por suspeitas de envolvimento em crimes anteriores, mas a Justiça aguardava um parecer do Ministério Público Estadual. 

“Ele confessou que matou e confessou que estuprou. Um jovem completamente frio e perigoso. Já ameaçou de morte a mãe, já furtou, tem suspeita de envolvimento em uma morte”, contou Benício.


Moto do casal incendiada após os crimes. Na foto, Jucimar Ivo, vítima do homicídio.

Caso a decisão judicial seja emitida, o menor deve ser encaminhado para Teresina, onde será internado. Ele está sendo autuado por latrocínio, ocultação de cadáver e estupro.

Estupro

Segundo o delegado Benício, um exame de corpo de delito feito na jovem comprovou a violência sexual. 

Latrocínio

Com requintes de crueldade, J.C.S é suspeito de assassinar um jovem de 19 anos e estuprar sua namorada logo em seguida. O crime ocorreu na noite de sábado (07) em Baixa Grande do Ribeiro, a 600 Km de Teresina.

O Cidadeverde.com entrou em contato o Ministério Público, mas até o fechamento da matéria não obteve retorno.

Valmir Macêdo
valmirmacedo@cidadeverde.com

Imprimir