Cidadeverde.com
Geral

HUT abre protocolo de morte cerebral de bebê alvejado a tiros com os pais

Imprimir

Foi aberto o protocolo de morte cerebral do bebê de um ano e quatro meses alvejado com um tiro na cabeça na semana passada, na zona Sul de Teresina. Ele e os pais trafegavam em uma motocicleta durante abordagem criminosa que teria sido motivada pela disputa pelo tráfico de drogas, de acordo com o Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP). 

Darle da Silva Leite, pai do bebê, foi alvejado com pelo menos oito tiros e morreu no local. Já a mãe foi ferida no braço e já teve alta médica. 

Logo após ser internado, o bebê foi submetido a cirurgia neurológica para descompressão do crânio e permanece entubado na emergência pediátrica do Hospital de Urgência de Teresina (HUT). 

O protocolo de morte encefálica foi aberto nesta segunda-feira (09) e compreende exames clínico e de imagem para só então confirmar ou não o óbito. 


CRIME

Imagens de câmeras de segurança mostram parte da ação criminosa que ocorreu na rua Líbano, bairro Bela Vista, zona Sul de Teresina. No vídeo é possível perceber o 'clarão' dos tiros. Em entrevista na semana passada, o coordenador do DHPP informou que o crime pode ter sido motivado pela disputa territorial pelo tráfico de drogas.

"Esse rapaz [pai do bebê] morava na região da Nova Brasília, se mudou recentemente para a região da zona Sul, devido a alguns fatos que se deram naquela região da cidade justamente pela briga pelo tráfico de drogas”, disse o delegado. 


Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Imprimir