Cidadeverde.com
Viver Bem

Cuidados e vantagens de incluir o ovo no cardápio

Imprimir

Fotos: Pixabay/ fotos gratis

Frito, cozido ou mexido, o ovo é a estrela principal de muitos pratos na mesa do brasileiro. Antes considerado vilão, hoje é uma opção versátil para quem deseja manter o peso e cuidar da saúde.

Além de ser um alimento barato, ele tem alto valor nutricional. É uma das fontes de proteína mais completas, rico em vitaminas A, D, E, ácido fólico, B12, B6 e B1 e minerais como ferro, fósforo e zinco e fornece de 70 a 75 calorias.

Benefícios

Nos anos 70 e 80, o ovo era considerado o responsável pelo aumento do colesterol. Aliás, pesquisas provaram que isso era mito. De lá pra cá, os benefícios só aumentaram.

A maioria dos nutrientes está concentrado na gema Ela é fonte de ferro, que é fundamental para evitar a anemia. Possui, ainda, uma substância chamada colina, considerada um nutriente importante para a boa formação cerebral do feto e para o desenvolvimento intelectual da criança. O consumo recomendado é até duas unidades por dia.

Cuidados

Para manter o frescor e a segurança alimentar, os ovos devem ser mantidos em local fresco ou arejado, preferencialmente na geladeira. É preciso tomar cuidado com a bactéria transmissora de salmonela, uma das principais causas de intoxicações alimentares. Por isso, não se deve consumir ovos crus.

Dicas para um bom consumo

- Não cozinhe o ovo por mais de 13 minutos. Ele fica com uma cor cinza em volta da gema e ressecado;

- Na hora da compra, evite ovos com a casca trincada;

- Em casa, armazene-os na parte alta da geladeira. Nunca na porta. Este local sofre bastante variação de temperatura;

- Na hora de consumir, lave-os em água corrente e sabão;

- Em geral, os ovos podem ser guardados na geladeira até um mês. Confira sempre a data da validade na embalagem;

- Para a casca não rachar no cozimento, deixe o ovo em temperatura ambiente antes de consumir. O choque térmico pode rachá-lo;

- Ovos que estão mais tempo na geladeira batem claras em neve mais fofinhas e volumosas. E para evitar a salmonela, bata as claras em alta velocidade sobre o banho-maria;

- Os alimentos preparados a base de ovos devem ser armazenados na geladeira para sua melhor conservação. Dão liga a massas, sustentam tortas e suflês, deixam fofos bolos e engrossam molhos;

- Para saber se o ovo está novo ou velho é simples. Basta colocá-los em um recipiente de água cheio. Se boiarem, estão velhos e impróprios.

 

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir