Cidadeverde.com
Viver Bem

Temperos que ajudam a manter a dieta durante refeições

Imprimir

Foto: Pixabay/ fotos gratis

Esqueça aquela ideia de que dieta, para ser boa, deve ter pratos sem graça e sem sabor, difíceis de engolir. Os temperos e especiarias podem e devem ser utilizados nas refeições. Afinal, possuem propriedades que beneficiam o organismo – desde que haja moderação, é claro. Os coringas na cozinha de todo brasileiro são sal, alho e cebola. Eles realçam o sabor dos alimentos e facilitam o processo de reeducação alimentar.

Aliás, o sal sempre foi o vilão número um de uma dieta. O motivo? Leva a pessoa a ter hipertensão. Doença causada pelo consumo exagerado do ingrediente que não atinge apenas os mais velhos. Infarto e AVC (acidentes vasculares cerebrais) são as doenças que mais matam. A elevada ingestão de sal faz o organismo reter mais líquido. Assim, podendo afetar os rins.

E não adianta, por exemplo, ter uma alimentação balanceada com verduras e saladas e sempre ter o saleiro do lado do prato. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, a recomendação diária por pessoa deve ser até 5 gramas ou duas colheres rasas de chá. Entretanto, o brasileiro consome quase o triplo por dia. Por isso, é preciso uma mudança de hábito. Mas, ele também tem lá suas vantagens. É fundamental para absorção de nutrientes, contrações musculares e transmissão de impulsos nervosos.

Alho e cebola

Famoso por refogar legumes e temperar molhos, o alho dificulta a ação das bactérias e é bom para o tratamento de resfriados, infecções pulmonares e digestivas. Já a cebola, além de fazer chorar, tem muita gente que torce o nariz para sua ardência. Ela diminui o risco de tumores de estômago, intestino e próstata. O consumo regular de cebolas pode, como o alho, reduzir níveis elevados de colesterol e pressão arterial. 

Outros temperos

Com moderação, os temperos deixam tudo mais gostoso. Mas eles devem somente elevar e unir os sabores

Para fugir do tradicional, é possível utilizar outros ingredientes, que ajudam no sabor das refeições e promovem benefícios à saúde. Assim como o gengibre, a canela atua como um termogênico, ajudando quem buscar perder alguns quilos. Isso ocorre porque ela aumenta o metabolismo. Além disso, promove benefícios para o sistema digestivo.

Também muito utilizada na culinária brasileira, a cebolinha tem vitaminas A e C. Com isso, previne contra doenças respiratórias. Já o coentro também tem vítima C e do complexo B, assim como cálcio, benéfico para os ossos. Por falar em vitaminas do complexo B, o cominho possui B1 e B2. O que isso significa? Ajuda a prevenir o câncer.

Para quem sofre com dores de cabeça, o louro é a solução. Já manjericão e orégano são antioxidantes. Por fim, a pimenta-do-reino combate a produção de células de gordura.

 

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir