Cidadeverde.com
Geral

Jornalista Egídio Brito morre aos 32 anos vítima de meningite viral

Imprimir

Foto: Reprodução Facebook Egidio Brito

 

O jornalista Egídio Bráulio de Brito, 32 anos, morreu na tarde desta sexta-feira (4), após sete dias internado em estado grave. A informação foi confirmada por volta das 16h30 pelos dois primos do jornalista que estão em contato com o portal Cidadeverde.com. 

A família está inconsolável e não deu detalhes sobre as causas da morte.

No óbito assinado pelo médico Antonio Luiz do Nascimento, Egídio Brito morreu de meningite viral, que é uma inflamação das meninges, membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal. A principal forma de prevenir a meningite é com a vacinação.

O laudo revela também que ele teve edema cerebral e insuficiência renal aguda.

Há uma semana, ele deu entrada no hospital Unimed com fortes dores de cabeça, vomitando e um incômodo na região do pescoço. 

Egídio entrou em coma na UTI e seu diagnóstico ficou indefinido. Inicialmente se suspeitou de meningite bacteriana, o que teria causado sua morte cerebral, mas ambos os quadros foram descartados pela família. Ele passou por uma bateria de exames e não tinha um quadro clínico definido.

Na última quarta-feira (2), Egídio foi transferido do hospital Unimed para o São Marcos, no Centro de Teresina. 

No hospital, Egídio passou por nova bateria de exames e aguardava resultados de outros exames. 

Assessoria do hospital São Marcos disse que não iria se pronunciar sobre o caso e que qualquer informação somente com autorização da família.

Pai de Egídio, Francisco Brito, na porta do hospital 

Velório

Em entrevista ao Cidadeverde.com, o pai do jornalista, Francisco Brito, confirmou que o velório será realizado a partir das  21h na Pax União, na avenida Miguel Rosa. 

O sepultamento de Egídio será neste sábado (5) no cemitério Santa Cruz no bairro Promorar, zona Sul de Teresina. 

No celular, Francisco Brito comunicava amigos e familiares sobre o velório do filho. Abalada, a família saiu do prédio do hospital por volta das 17h30.

Primo e amigo publicam despedidas emocionantes: 

Leia mensagem do primo Vinicius Bráullio:

"Eu sempre conversava com amigos próximos que não sabia lidar com a morte. Agora, eu tenho discernimento da passagem, e entendimento de que ela foi um propósito de Deus pra você meu primo. Quantas coisas boas vivemos juntos! Vai ficar a saudade da ausência física, mas a alegria de ter participado da sua vida. Vou lembrar de ti sempre com um sorriso no rosto, e quero fechar os olhos e poder ouvir você no portão: “Viiiiii! Abre aqui!!!”. Fizemos de tudo, mas Deus quis assim, e só cabe a gente respeitar a vontade dele. Um dia eu vou te encontrar, tenho certeza disso. Não esquece de vir nos meus sonhos e me abraçar! Vou sentir saudades. Que você encontre seu caminho de luz, e que o vô te receba de braços abertos. Não esquecerei da nossa última conversa, eu te prometo. Prometo também um reencontrar a Xuxa, e falar de você pra ela. Te amo! Vai com Deus."

 

 

 

 

Por Yala Sena

yalasena@cidadeverde.com

Imprimir