Cidadeverde.com
Viver Bem

Voluntários fazem festa e distribuem presentes para crianças internadas no HUT

Imprimir

Foto: Ascom / HUT

O dia das crianças chegou ao Hospital de Urgência de Teresina (HUT) recheado de amor e muita alegria. O grupo de voluntários do Projeto Ação passou pela Clínica Pediátrica e distribuiu presentes, doces e muita diversão. Acompanhados pelas mães, pais ou responsáveis, as crianças participaram de várias atividades lúdicas na brinquedoteca do HUT, que foi toda decorada com balões coloridos especialmente para o dia das crianças.

O pequeno J. P., de apenas seis anos, da cidade de Altos, está internado desde a última quarta-feira (9) para tratar uma trombose na perna direita. Ele participou da festinha com sua mãe, Claudia Conceição. Ela contou que estava achando incrível a festinha para as crianças, pois não imaginava que poderia ser assim tão alegre. “Acho que esse tipo de ação pode ajudar as crianças a se recuperarem mais rápido, pois elas ficam felizes e esquecem um pouco da doença”, destacou.

De acordo com Carla Janaína, gerente de Enfermagem da Clínica Pediátrica, esse tipo de atividade quebra a rotina do hospital e acaba contribuindo para acelerar o processo de recuperação dos pacientes. “Quando fazemos festas eles passam o dia mais alegres e até aceitam mais o tratamento. Estamos sempre realizando atividades para que elas, nem que seja por alguns momentos, esqueçam que estão internadas. Dessa forma, estamos humanizando nosso atendimento e levando mais alegria para nossas crianças”, explicou Carla.

Foto: Ascom / HUT

O projeto Ação foi criado em dezembro de 2015 por três amigas que sentiram a necessidade de ajudar o próximo. As ações do grupo são voltadas para entidades carentes e famílias em situação de vulnerabilidade. Segundo uma das idealizadoras do projeto, Crisneide Moura, todos os anos o grupo se organiza para levar alegria, amor e diversão para as crianças internadas no HUT. “A festa do dia das crianças no HUT já faz parte do nosso calendário de ações. É muito gratificante poder ver as crianças, mesmo doentes, se divertindo e sorrindo. Isso nos dá força para continuar nossa missão”, comentou.

Foto: Ascom / HUT

 

Da Redação 
redacao@cidadeverde.com

 

Imprimir