Cidadeverde.com
Política

PT definirá pré-candidatura no dia 30 para evitar disputa interna

Imprimir

Foto:YasmimCunha/CidadeVerde.com


O Partido dos Trabalhadores vai tentar evitar prévias - eleições internas - para a escolha do pré-candidato a prefeitura de Teresina. Em reunião na tarde desta terça-feira (15), a executiva municipal deu um ultimato: até o dia 30 de outubro terá que definir um nome.  

A data é estipulada como limite para que o partido chegue ao consenso entre os três nomes que disputam a preferência da legenda. Os três pré-candidatos do partido são os deputados Fábio Novo, Franzé Silva e o militante Júnior do MP3. A reunião foi comanda pelo presidente municipal, ex-vereador Gilberto Paixão, que dará posse a nova diretoria apenas em janeiro de 2020. Na ocasião, o ex-deputado o Cícero Magalhães assume o comando da legenda em Teresina. 

Segundo ele, a reunião foi bastante positiva com a presença de pré-candidatos a vereadores e parlamentares do PT.  Dos três pré-candidatos a prefeito, apenas  Júnior do MP3 compareceu. Franzé Silva e Fábio Novo alegaram problemas de agenda. 

“Até o dia 30 de outubro vamos trabalhar o consenso, se não tiver, o diretório municipal vai tomar a decisão.”, disse Gilberto Paixão. 

Foto:YasmimCunha/CidadeVerde.com 

 

Deolindo Moura é um dos parlamentares que defende o nome de Fábio Novo. 

“Entendemos que o PT não pode se dar ao luxo de tomar essa decisão mais na frente. Vamos antecipar o máximo a pré-candidatura. Escolhendo um nome capaz de reunir as qualidades de um candidato a altura do partido”, destacou o vereador.

O diretório ressalta que para que ocorra a prévia, que é a última instância, o candidato precisa ter 10% da assinatura do último Processo de Eleições Diretas (PED) ou 2/3 ( 29 votos) de assinaturas dentro do diretório municipal.

Segundo Deolindo, Fábio Novo é um nome forte porque destaca pela competência na gestão na Secretaria de Cultura e tem sintonia com a população de Teresina.

"É um candidato que tem história e que consegue reunir o consenso. Estamos nessa labuta por conta do próprio Fábio Novo que chamou os outros candidatos para uma discussão, para um diálogo na busca desse consenso. O fato é que o PT não tem mais tempo a perder". 

Flash Yala Sena
yalasena@cidadeverde.com

 

 

 

Imprimir