Cidadeverde.com
Esporte

Neymar pode perder duelo com a Argentina e desfalcar PSG na Champions

Imprimir

Neymar vai ficar quatro semanas longe do futebol. O diagnóstico de lesão grau dois na coxa esquerda novamente afastará o craque de partidas importantes e compromissos relevantes, tanto pelo Paris Saint-Germain quanto possivelmente pela seleção brasileira. 

A princípio, o jogador já é dúvida para a próxima data Fifa, marcada para o meio de novembro, e pode ficar fora do confronto de maior rivalidade para a equipe de Tite.

Com a ausência de um mês para realizar tratamento, o camisa dez da seleção deve desfalcar o Brasil no clássico contra a Argentina, marcado para o dia 15 de novembro, na Arábia Saudita. 

O duelo contra a Coreia do Sul, dia 19, nos Emirados Árabes, é outro que também provavelmente não terá a presença do principal jogador de futebol do país pentacampeão mundial.

A nova lesão ratifica o pesadelo físico de Neymar neste segundo semestre. Depois de romper o ligamento do tornozelo direito em amistoso contra o Qatar, o atacante acabou cortado e apenas acompanhou o título da Copa América como espectador. 

No quarto amistoso pós-conquista, diante da Nigéria em Cingapura, veio um problema muscular que pode tirá-lo dos últimos compromissos de 2019 com a camisa verde-amarela.

O PSG também sofre com os problemas físicos da principal estrela. Nesta temporada, Neymar só soma cinco partidas disputadas pelo clube, todas pelo Campeonato Francês. A lesão interrompe o bom início de campanha.

Além dos quatro gols anotados pelo time, com participação decisiva em três vitórias por 1 a 0, Neymar assumiu um papel de liderança no Paris Saint-Germain, especialmente pelo crescimento do número de jogadores com espanhol fluente.

Aos poucos, o jogador parecia contornar a crise de relação com os torcedores, principalmente os irritados organizados, ainda magoados com a postura do camisa dez no mercado de transferência. A nova lesão, portanto, interrompe a sequência positiva apresentada antes da data Fifa.

Caso retorne aos gramados no período divulgado, o camisa 10 vai perder mais seis partidas pelo PSG. Pelo torneio local, Neymar fica fora dos jogos contra Nice (fora), Olympique de Marselha (casa), Dijon (fora) e Brest (fora).

O craque ainda deve perder os dois compromissos contra o Club Brugge pela Liga dos Campeões. O atacante não estreou no principal torneio europeu, que segue como o grande objetivo da diretoria.

CONFIRA O MÊS QUE PODE SER INTEIRAMENTE PERDIDO POR NEYMAR:

Nice (fora), 18/10 - Francês
Brugge (fora), 22/10 - Liga dos Campeões
Olympique (casa), 27/10 - Francês
Dijon (fora), 01/11 - Francês
Brugge (casa), 06/11 - Liga dos Campeões
Brest (fora), 09/11 - Francês
Argentina (Arábia Saudita), 15/11 - Amistoso
Coreia do Sul (Emirados Árabes), 19/11 - Amistoso

JOSÉ EDGAR DE MATOS
SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) 

Imprimir