Cidadeverde.com
Esporte

Copa CV Sub-17: equipe do Boca Junior fecha 2 a 0 contra Skill Red

Imprimir
  • jogo13.jpg Yasmim Cunha
  • jogo12.jpg Yasmim Cunha
  • jogo11.jpg Yasmim Cunha
  • jogo10.jpg Yasmim Cunha
  • jogo9.jpg Yasmim Cunha
  • jogo8.jpg Yasmim Cunha
  • jogo7.jpg Yasmim Cunha
  • jogo6.jpg Yasmim Cunha
  • jogo5.jpg Yasmim Cunha
  • jogo4.jpg Yasmim Cunha
  • jogo3.jpg Yasmim Cunha
  • jogo2.jpg Yasmim Cunha
  • jogo1.jpg Yasmim Cunha

Atualizada às 19h50 No segundo tempo o Skill Red pressionou um pouco mais ainda que a posse de bola tenha permanecido com a equipe do Boca que marcou o segundo gol aos 16 minutos do segundo tempo. Quem marcou foi a jogadora Beatriz Sofia, camisa 10. A caçula de 13 anos do time veio futsal de onde jogava há desde os 11 anos. Pela primeira vez jogando em um campo de futebol por um campeonato, a menina do São Joaquim de 1,40m não se intimida com o tamanho do estádio. "É grande mas com esforço e com as outras meninas a gente consegue", diz a pequena. No final da partida, a irmandade entre as meninas de ambas as equipes prevaleceu. Elas se cumprimentaram e se reencontraram de outras partidas em que dividiram a mesma camisa e hoje disputaram por equipes adversárias. MATÉRIA ORIGINAL

A primeira fase da Copa Cidade Verde de Futebol Feminino Sub-17 continua. Nesta sexta-feira (18) foi a vez da estreia das equipes Boca Júnior e Skill Red. O primeiro gol para o time do Boca saiu nos últimos minutos do primeiro tempo depois de um lance entre as atacantes Manu, camisa 8, e Hyasmin Georgia, camisa 11. A partida acontece no Lindolfo Monteiro.

Hyasmin veio de São Luis do Maranhão para reforçar a equipe do Boca. "Fico feliz por ter feito o gol depois de três chances desperdiçadas, mas estamos jogando bem. Tive a felicidade de receber um lance maravilhoso da Manu", contou a jogadora.

O Boca Júnior joga em parceria com o time maranhense do Afasca de São Luís, que trabalha em um projeto social no bairro Anjo da Guarda, na capital maranhense. 

Para a técnica Nara Rochely, a posse de bola das meninas do Boca foi essencial para gerar o gol. "Tivemos mais possibilidades, mas por não conhecer o time acabamos não finalizando. A gente está conseguindo o nosso objetivo que é ter posse de bola, e ter posse de bola significa não levar gol", avalia a técnica.

A arbitragem do jogo ficou sob o comando do árbitro principal Ludnei César. 

As equipes devem jogar contra o Bom Sucesso nas próximas partidas para a definição dos novos pontos. O time do Boca Junior enfrenta o Bom Sucesso no domingo (20) e a equipe da Skill Red enfrenta a equipe na quarta-feira (23).

Flash Valmir Macêdo
redacao@cidadeverde.com

 

Imprimir