Cidadeverde.com
Viver Bem

Plant-based: conheça a dieta baseada em plantas

Imprimir

Foto: Pixabay/fotos gratis

Redução ou eliminação de produtos de origem animal da dieta do dia a dia. Esse é o mote da plant-based, dieta que, segundo nutricionistas, não é nem vegetariana, nem vegana. Alimentos industrializados e refinados também ficam de fora do cardápio.

A ideia é comer só aquilo que é natural, com foco na melhora do organismo e prevenção de doenças. Estudo americano publicado no Journal of American Heart Association diz que comer mais alimentos de plantas reduz riscos de AVC, diabetes, infarto, obesidade e pressão alta.

Existe até um movimento, chamado Segunda Sem Carne, que se espalhou pelo mundo e estabelece que, ao menos uma vez por semana, as pessoas deixem de se alimentar de produtos de origem animal. Aliás, essa também seria uma forma de reduzir a emissão de gás carbônico - segundo estudos, um dia sem carne equivale a menos 14kg de CO2 no ambiente.

A ideia é inovar. Ao não optar pela carne, pode-se variar nas combinações, acrescentando feijão, castanhas, cogumelos, lentilha. Uma ideia é que reforce na alimentação as verduras verdes escuras e fontes de vitamina C. No cardápio, opções que nascem naturalmente da terra, como legumes, frutas, tubérculos e oleaginosas - orgânicos.

Receita

Quem uma dica de receita prática e saborosa para seguir essa dieta? Então, misture duas batatas doces pequenas com quatro colheres de farinha de arroz, duas de chá de polvilho doce e sal rosa. Faça o nhoque com essa massa e, depois, cozinhe. Por fim, basta deixar escorrer

Na sequência, prepare um molho usando polvilho doce e leite de castanha frio. Coloque sal rosa e noz-moscada. Depois, mexa tudo no fogo. Dá para servir ainda com cogumelos salpicados feitos na frigideira com azeite e sal.

 

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir