Cidadeverde.com
Política

Bancada do Piauí comemora decisão do STF e crê em repercussão para 2020

Imprimir

Foto: Lídia Brito/Cidadeverde.com

Deputados federais e senadores do Piauí se manifestaram sobre a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que derruba a prisão em segunda instância. A decisão terá repercussões como a possível liberdade do ex-presidente Lula. Os parlamentares participam de solenidade de inauguração da reforma do Hospital Infantil Lucídio Portela, nesta sexta (08), em Teresina. O governador Wellington Dias também se manifestou e comemorou a decisão.

O presidente nacional do Progressistas, senador Ciro Nogueira, diz que o processo de Lula foi viciado. Ele se diz feliz com a possível liberdade do líder petista.

"Justiça se pode até questionar, mas tem que acatar a decisão e tem que ser cumprida. Estou muito feliz com a saída de Lula. Foi um processo político, viciado e ele tem que ser solto. Tem que ser refeito esse processo. Ele tem que responder como qualquer cidadão, mas de uma forma correta e justa", disse Ciro Nogueira.

Para o senador, a liberdade pode ter repercussão em 2020.

Foto: Bárbara Marreiros/Ascom Ciro Nogueira

"O Lula é o político mais forte e identificado com o povo, principalmente no Nordeste. É uma força muito grande tê-lo no palanque. Eu gostaria de tê-lo", afirmou.

O senador Marcelo Castro (MDB) diz que não há o que interpretar. Segundo ele, a Constituição foi cumprida.

"A Constituição diz que ninguém será considerado culpado sem sentença condenatória, transitada em julgada. Não há o que interpretar. Não se pode mudar o sentido das palavras. É estranho que cinco ministros tenham votado no sentido de interpretar a Constituição de forma errônea. Se querem mudar, não é no Supremo, mas no Congresso. O Supremo não pode fazer leis", destacou.

Para o presidente estadual do PT, Assis Carvalho, a liberdade de Lula apavora a direita. Ele diz que o PT inicia um processo de renascimento.

"É um processo fraudado. Condenação sem prova. Interesse internacional para retirar nossas riquezas. A direita morre de medo do Lula. Se tem medo do Lula preso, imagina ele solto. Com a política absurda desse governo, os indicativos são positivos para o PT", disse o deputado federal Assis Carvalho.


Lídia Brito
lidiabrito@cidadeverde.com

Imprimir