Cidadeverde.com
Cidades

Mais um foco de peste suína é confirmado e portaria de liberação é adiada

Imprimir

Foto: Roberta Alinne/Cidadeverde.com 

A Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Piauí (Adapi) confirmou mais um foco de Peste Suína Clássica (PSC) no Piauí, nesta segunda-feira(11). A propriedade fica em Domingos Mourão (a km de Teresina), município que já havia apresentado foco da doença. Com essa confirmação, a portaria que liberava a comercialização de suínos foi adiada até que os animais sejam abatidos. 

Segundo o diretor-geral do órgão, José Genilson Sobrinho, uma equipe da Agência foi ao município nesta terça(12), para sacrificar 22 animais e assim que retornarem, a portaria será publicada. 

“Nós estávamos esperando esse exame e nos foi confirmado na sexta à tarde. Mas, não vai prejudicar em nada porque era dentro do perifoco, ou seja, dentro do raio da unidade do primeiro foco. Só não deixei publicar a portaria agora para não ter dúvidas, mas assim que sanar o foco será publicada quarta ou quinta”, afirmou Genilson Sobrinho ao Cidadeverde.com. Na última quinta-feira(07), o diretor havia informado que não havia mais focos da doença. 

Até o momento, aproximadamente 4.200 animais foram sacrificados, a maioria de criadores de subsistência que estão tendo dificuldades em receber as indenizações por não possuírem contas no banco.

“Já foram pagos R$ 100 mil em indenizações de um montante de aproximadamente R$ 550 mil. O governador liberou esse dinheiro para Adapi e conforme os lotes vão chegando, a gente vai pagando”, destacou o diretor-geral. 

Desde abril deste ano até hoje, já foram identificados 17 focos da doença no estado, sendo: 02 em Brasileira, 5 em Cabeceiras do Piauí, 02 Domingos Mourão, 02 em Lagoa do Piauí, 1 em Milton Brandão, 4 em Murici dos Portela e 1 em São João do Arraial. 

As medidas para contenção do foco e eliminação da doença seguem as recomendações da Instrução Normativa SDA Nº 27, de 20 de abril de 2004, que aprova o Plano de Contingência para PSC. A agência informa, ainda, que providências estão sendo adotadas para a regulamentação do trânsito e eventos agropecuários com suínos.

 

Caroline Oliveira
[email protected]

Imprimir