Cidadeverde.com
Política

Prefeito reúne vereadores para anunciar empréstimo de 50 milhões

Imprimir

Foto: Rômulo Piauilino


O prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), reuniu os vereadores aliados nesta quinta-feira (14) para anunciar um pedido de empréstimo no valor de 50 milhões de dólares. Os recursos vão para a área da educação e serão utilizados na construção de escolas de tempo integral.

Segundo o gestor, o desafio é expandir a escola de tempo integral em Teresina. “Para que possamos criar uma estrutura ideal para essas escolas na capital. Fizemos projetos de tempo integral com grande estrutura. Isso complementa o que fazemos na educação infantil. São escolas com boa estrutura. Os valores são maiores. Custa em média 25 milhões. É um prédio com auditório, quadra, refeitório, campo, teatro, toda uma estrutura. Vale a pena", disse.

Ao conversar com os parlamentares, Firmino reagiu às críticas da oposição e disse que o município tem capacidade de endividamento. 

"A boa notícia é que o município só pode pedir dinheiro se tiver boa capacidade de pagamento e endividamento. Existe um setor no Ministério da Economia que faz o monitoramento de todos os entes federativos. Existe uma classificação da saúde financeira e Teresina tem nota B. Só pode se endividar que tem boa capacidade de endividamento", afirmou.

O prefeito falou ainda sobre a mudança de postura que o levou a contrair empréstimos nos últimos anos.

"Estamos em um momento de crise e os recursos do orçamento geral são diminuídos. Disponibilidade de financiamento ocorre por empréstimo. Sejam por bancos internos quanto internacionais. A prefeitura só pode se endividar se tiver capacidade. A prefeitura saudável pode fazer empréstimos", afirmou. 

Lidia Brito
[email protected]

Imprimir